Em bate papo com jornalistas que cobrem o São Paulo, o candidato à presidência do clube, Roberto Natel, em modo online, falou sobre o seu plano de gestão. Natel, caso for eleito, disse que a responsabilidade financeira, vai ser o ponto principal de seu mandato.

Em primeiro momento, a única pessoa que Natel garantiu em sua diretoria é Marco Aurélio Cunha. Com esta proposta, vai delegar poder a Cunha para futuras contratações, gestão de elenco e cuidar da transição entre base e profissional.

O candidato reiterou na conversa, que dependendo da situação da equipe nos campeonatos, caso estiver na disputa (seja Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana) vai manter a atual diretoria e não vai pretender alterar em primeiro momento, até que chegue o final da temporada que têm seu término em fevereiro de 2021.

Além disso, respondeu que vai tentar explorar o marketing da melhor forma possível, com profissionais capacitados da área.

Durante o papo, afirmou que de acordo com seu plano de gestão, a política de contratações não será com reforços de peso e a intenção vai ser na busca por peças cirúrgicas e pontuais em nível nacional, através de olheiros e aproveitar a base.

Já que a meta é sanar ao máximo as dívidas do clube que nos últimos anos agravaram e vai somente contratar em última ocasião. As dívidas do clube ultrapassam até este momento, mais de 500 milhões de reais.

Ainda assim, o plano principal da eleição de Natel será a responsabilidade financeira com o objetivo de priorizar menos gastos e mais lucros.   

As eleições presidenciais do São Paulo Futebol Clube, será realizada em dezembro deste ano. Roberto Natel disputa o pleito com Julio Casares para suceder Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.