Jorginho, busca em menos de dois meses erguer novamente troféu mais importante do velho continente. Com uma temporada dessa, é exagero sonhar com a honraria de melhor jogador do mundo?

A princípio, vale ressaltar a história campanha da Azzurra na atual edição da Euro. Assim, Jorginho que é peça chave da seleção viu seu nome sendo indicado à uma suposta premiação. Dessa maneira, nos últimos dias boa parte da imprensa italiana sugeriu a indicação de melhor do mundo ao jogador ítalo-brasileiro.

Sendo assim, Jorginho teve uma temporada estupenda em 2020-21. De modo que, terminou em um título de Champions League com o Chelsea. No entanto, o volante não parou por ali. Dessa forma, caminha agora em busca do título do Campeonato Europeu com a Itália.

O La Gazzetta dello Sport, por exemplo, analisou as atuações do ex-craque napolitano. Sendo assim, afirmou que seus feitos e atuações na temporada são dignos do Ballon dOr e do prêmio de melhor jogador da Fifa. Portanto, um possível título com a seleção italiana soma ainda mais motivos para a premiação.

Vale lembrar, que os sempre favoritos Ronaldo e Messi viveram uma temporada muito abaixo com seus clubes. Do mesmo modo, pela seleção o português deu adeus à Eurocopa ainda nas oitavas de finais.

Contudo, Messi ainda sonha com o título da Copa América. Porém, os pesos das competições não são tão equivalentes para as entidades.

Em contrapartida, outros nomes cresceram na briga pela premiação individual. Logo, alguns deles são: os franceses Kanté, companheiro de Jorginho no Chelsea, Benzema e Mbappé. Por outro lado,corr por fora o jovem Sterling e Harry Kane, que lideram a seleção inglesa na Euro.

Se conseguir:

Dessa forma, se premiado com Ballon d’Or, Jorginho se tornaria o 6° italiano a conquistar o prêmio. Sendo a assim se juntaria a Cannavaro, Paolo Rossi, Gianni Rivera, Omar Sivori e Roberto Baggio.

Por outro lado, se premiado com o prêmio de melhor jogador da Fifa, seria apenas o 3° italiano, ao lado de Baggio e Cannavaro.

Entretanto, premiado ou não, o volante Jorginho segue fazendo história. Assim, foi peça fundamental na conquista da Champions League com o Chelsea. Além disso, foi dele o pênalti convertido que colocou a Itália na final da Euro 2020.

Vale lembrar que, que se campeão da Eurocopa, o jogador seria o único na temporada a conquistar os dois maiores troféus da UEFA.

Foto destaque: Divulgação/UEFA

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.