Chris Paul lidera Phoenix Suns e dá aula de basquete na sua estreia em finais.

Acabou a espera. Depois de 47 e 28 anos, Milwaukee e Phoenix, respectivamente, voltam a disputar uma final de NBA. A seguir tudo que aconteceu na partida que abriu a série da NBA Finals.

Pré jogo

A princípio, a primeira reviravolta da partida aconteceu antes mesmo da bola subir. Assim, diferente do que era dado como certo, Giannis Antetokounmpo estava escalado para o jogo, em Phoenix. Sendo assim, as equipes estavam prontas para iniciar o duelo inédito.

1° quarto: Suns vence a muralha dos Bucks

Os destaques das duas franquias foram assunto do primeiro ao último minuto de jogo. Dessa forma, Chris Paul começou confirmando sua presença na partida. Por outro lado, Giannis dava indícios que mesmo em quadra não estava 100% para o combate. Sendo assim, nem mesmo Middleton com sua alta eficiência defensiva foi capaz de parar o ataque da equipe do Arizona. Logo, primeiro quarto foi vencido por CP3, Booker e companhia

.

2° quarto – Giannis ofensivo, mas Suns consegue neutralizar

Do mesmo modo, o segundo quarto seguiu para o mesmo caminho. O grego dos Bucks começava a ser substituído. Mesmo assim, as principais jogadas ofensivas passavam pela não do europeu. No entanto, o ataque do oeste que nada tinha a ver com isso continuava a marcar. Dessa forma, fim de primeiro tempo, e 57 x 49 no placar.

3° quarto – Suns aumenta a vantagem e domina as ações ofensivas

Assim também, o segundo tempo começou na mesma linha. Enquanto nomes importantes dos Bucks estavam abaixo, como Holliday, do outro lado o coletivo sobressaia. Dessa maneira Deandre Ayton com um importante trabalho nos rebotes, contribuía para que Booker e Paul aumentar a diferença. Fim de terceiro quarto e 16 pontos de diferente para Suns.

4° quarto: Chris Paul dá aula em sua estreia em NBA Finals

Dessa forma, restou a Phoenix administrar a diferença. Contudo, Middleton ainda liderava os Bucks para uma heróica reação. Porém, sem sucesso. Pois, mesmo que não demonstrasse limitações, Giannis estava muito abaixo do seu rendimento. Logo, terminou a partida com apenas 20 pontos.Dessa maneira, ficou longe de sua média dessa pós temporada, 28 pontos. Portanto, diferente do craque de Milwaukee, Chris Paul foi o destaque da partida. De certo, o armador não sentiu a pressa de estrear em finais de NBA. Pois, anotou 32 pontos e contribuiu com 9 assistências. Assim, CP3, Booker, Ayton e companheiros conquistou a primeira vitória na série de sete partidas decisivas.

E agora? O que esperar do jogo 2?

O próximo jogo é nesta quinta-feira (8), em Phoenix. Assim, Suns espera repetir mais uma bela atuação. Por outro lado, Bucks aguarda Antetokounmpo em condições ideias, para jogar mais que os 30 minutos dessa terça-feira.

Foto destaque: Divulgação NBA

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.