Lewis Hamilton termina apenas na 15ª posição e não pontua, Verstappen tem pneu estourado e Checo fica com a vitória

O piloto mexicano Sergio “Checo” Pérez venceu um dramático Grande Prêmio do Azerbaijão pela Red Bull Racing neste domingo (6) após a explosão de um dos pneus tirar a vitória certa de seu companheiro de equipe e líder do campeonato Max Verstappen.

Já Lewis Hamilton ficou sem pontuar após errar no reinício da prova.

O resultado da tarde emocionante em Baku deixou a tabela inalterada, com Verstappen ainda com quatro pontos de vantagem sobre o heptacampeão mundial Hamilton, da Mercedes, após seis corridas.

A prova viu a bandeira vermelha quando Verstappen bateu na reta do pit a cinco voltas do fim, com o piloto holandês saindo do carro arruinado e chutando a roda traseira esquerda com raiva.

“Eu não senti nada até o momento em que de repente fui para a direita. A roda simplesmente explodiu do aro”

disse Verstappen, que abriria 15 pontos de vantagem

“Estávamos no controle total […] perdemos muitos pontos, poderíamos ter aberto uma vantagem no campeonato também, então ver isso acontecer tão perto do fim é muito frustrante”

declarou

O circuito de rua de Baku ofereceu uma outra reviravolta no reinício da prova após os carros voltarem à pista dos boxes para a liberação do circuito.

Hamilton, em segundo, com duas voltas para o fim, parecia estar pronto para assumir a liderança.

Em vez disso, o britânico perdeu qualquer chance de pontuar e terminou em 15º ao passar direto pela primeira curva após desligar os freios acidentalmente, deixando o caminho livre para Checo.

Assim, a segunda posição ficou com o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, que largou em 11º, em um primeiro pódio para a Aston Martin. O francês Pierre Gasly ficou em terceiro pela AlphaTauri, propriedade da Red Bull.

O ponto de bônus para a volta mais rápida não foi concedido porque Verstappen, pois o mesmo não terminou a prova entre os dez primeiros para validar o ponto extra.

Checo Perez chega a sua segunda vitória na Fórmula 1 e consegue renascer na Red Bull, onde vinha sendo contestado desde o início da temporada.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.