Pernambucano venceu uma das corridas da final em Interlagos e ajudou a Volkswagen a ser campeã entre as equipes

Beto Monteiro é o primeiro bicampeão da história da Copa Truck. O piloto pernambucano conquistou neste domingo em Interlagos seu quarto título nas corridas de caminhões e ajudou a coroar também a Volkswagen como campeã entre as equipes.

O título veio com uma vitória e um terceiro lugar nas provas que formaram a etapa decisiva, com seu companheiro de equipe Paulo Salustiano, que largou a pole e cedeu o triunfo ao parceiro de time, subindo ao alto do pódio na corrida 2.

A disputa pelo título acabou concentrada em Beto Monteiro e Wellington Cirino, mas o paranaense acabou enfrentando problemas mecânicos em seu equipamento, foi ultrapassado por Beto e abandonou na sequência. Com isso, André Marques, com um P6 e um P4, e Danilo Dirani, P5 e P2, respectivamente, completando o “top 3” do campeonato.

“Foi um ano desafiador por conta da pandemia e também tivemos o susto do problema de saúde que teve nosso chefe de equipe Renato Martins, mas no fim tudo deu certo. Foi um título construído passo a passo, desde a primeira etapa e, mesmo classificado para a decisão já na primeira Copa, segui trabalhando para manter essa vantagem. Estou muito feliz com meu quarto título de caminhões e com esse bicampeonato na Copa Truck. Que venha 2021!”

comentou Beto

Copa Truck 2020 – 7ª etapa – Interlagos – SP

A Copa Truck volta às pistas no ano que vem com muitas novidades, como a estreia na tela da Band, a transmissão ao vivo de todas as provas pelo YouTube, a volta ao Nordeste e a criação de uma nova categoria, a SuperTruck, entre outras coisas. O calendário de 2021 será divulgado em breve. Confira abaixo o resultado final do campeonato e das duas provas do fim de semana:

Ranking final:

  • 1. Beto Monteiro, 160
  • 2. André Marques, 142
  • 3. Danilo Dirani, 139
  • 4. Wellington Cirino, 131
  • 5. Jô Augusto, 125
  • 6. Felipe Giaffone, 123
  • 7. Valdeno Brito, 112


Corrida 1

  • 1º Beto Monteiro (VW) em 25:33.993
  • 2º Paulo Salustiano (VW) a 0.221
  • 3º Wellington Cirino (MB) a 3.669
  • 4º Rafael Lopes (VW) a 9.036
  • 5º Danilo Dirani (MB) a 10.626
  • 6º André Marques (MB) a 12.606
  • 7º Felipe Giaffone (IVE) a 36.471
  • 8º Regis Boessio (VOL) a 48.968
  • 9º Danilo Alamini (MAN) a 49.548
  • 10º Debora Rodrigues (MB) a 56.854
  • 11º Djalma Pivetta (IVE) a 1:01.634
  • 12º Luiz Lopes (IVE) a 1:04.813
  • 13º Valmir Benavides (IVE) a 1:06.954
  • 14º José Augusto Dias (VW) a 1:14.331
  • 15º Cristian C Julio (MB) a 1:28.313
  • 16º Renato Martins (MAN) a 2:02.555
  • 17º Daniel Kelemen (MB) a 1 Volta
  • 18º Pedro Paulo (MB) a 1 Volta
  • 19º Christian J Julio (VOL) a 2 Voltas
  • 20º Pedro Muffato (SCA) a 2 Voltas
  • 21º Evandro Camargo (MB) a 3 Voltas
  • 22º Adalberto Jardim (PRO) a 4 Voltas
  • 23º Fabio Fogaça (PRO) a 11 Voltas
  • 24º Raphael Teixeira (PRO) a 12 Voltas

Corrida 2

  • 1° Paulo Salustiano (VW) em 25:47.588
  • 2° Danilo Dirani (MB) a 9.317
  • 3° Beto Monteiro (VW) a 9.326
  • 4° Andre Marques (MB) a 22.097
  • 5° Rafael Lopes (VW) a 22.554
  • 6° Regis Boessio (VOL) a 28.378
  • 7° Jose Augusto Dias (VW) a 33.844
  • 8° Pedro Paulo (MB) a 35.841
  • 9° Debora Rodrigues (MB) a 51.208
  • 10° Djalma Pivetta (IVE) a 58.989
  • 11° Cristian C Julio (MB) a 1 Volta
  • 12° Renato Martins (MAN) a 3 Voltas
  • 13° Wellington Cirino (MB) a 3 Voltas
  • 14° Danilo Alamini (MAN) a 5 Voltas
  • 15° Pedro Muffato (SCA) a 6 Voltas
  • 16° Felipe Giaffone (IVE) a 8 Voltas
  • 17° Valmir Benavides (IVE) a 10 Voltas
  • 18° Luiz Lopes (IVE) a 10 Voltas
  • 19° Adalberto Jardim (PRO) a 11 Voltas

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.