Em jogo adiado da primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2020, o São Paulo visitou o Goiás, no estádio Hailé Pinheiro, o Serrinha, em Goiânia (GO). A partida, teve a mudança de data, pelo fato dos atletas do elenco Esmeraldinho terem sido diagnosticados com a COVID-19, no mesmo dia do confronto prevista para agosto.

Mas, o compromisso teve ar de decisão para o Tricolor. O clube do Morumbi precisava de uma vitória simples para assumir a liderança do torneio.

Primeiro tempo

Desde o início do duelo, o São Paulo se impôs. Com marcação alta e movimentação, controlou as principais jogadas ofensivas da partida. Pelo outro lado, o Goiás pouco atacava e não incomodava a defesa são-paulina.

Aos 20’, após receber da intermediária, o meia Igor Gomes dominou, o lateral Juanfran abriu espaço pela direita, e o jovem teve espaço e tranquilidade para finalizar no canto direito do goleiro Tadeu. Foi o segundo gol do camisa 26 na competição. Por coincidência, os dois tentos realizados foram contra os goianos (O primeiro foi no jogo do Morumbi, aonde o São Paulo venceu por 2 a 1). Após o gol, o clube paulista, continuou dominando a partida. Porém, parou no arqueiro do Goiás.

Segundo Tempo

Com a mesma postura, o São Paulo foi decidido a ampliar o marcador. Aos 3’, após cobrança de lateral, Luciano tocou para Sara que fez a ultrapassagem pelo lado esquerdo, o central fez uma bela assistência para o garoto Brenner que sozinho na pequena área, tocar para a rede.

O camisa 30, que neste dia 3 completou três anos do seu primeiro gol no profissional, e agora, fez o seu gol número sete na competição.

Durante a etapa complementar, o tricolor soube manter o controle do duelo, mesmo que o Goiás tenha incomodado a meta de Volpi. O time de Diniz soube administrar bem o resultado.

Aos 37’, o terceiro gol sai dos pés dos jogadores que entraram no decorrer da partida. Após roubada de bola, Vitor Bueno entra na área, toca para Tchê Tchê e, aciona Hernanes que chega de trás finalizando para marcar o terceiro gol e decretar o marcador. O meia, não marcava desde o jogo contra o Corinthians do primeiro turno.

Final de partida, o São Paulo venceu o Goiás por 3 a 0 e chega aos 44 pontos. Com o triunfo, os comandados de Fernando Diniz, assumiram a liderança do Brasileiro pela primeira vez na competição, fato que não acontecia desde maio de 2019, depois da segunda rodada da edição do nacional. A vantagem para o vice-lider Atlético-MG, fica de apenas dois pontos. O Galo possui 42.

A próxima partida do São Paulo será contra o Sport Recife, no domigo, às 16:00 no estádio do Morumbi. Já o Goiás enfrenta o rival Atlético-GO, na próxima segunda, às 20:00 no estádio Antônio Accioly, o Castelo do Dragão.

Escalações:

Goiás:

Tadeu; Iago Mendonça, Fábio Sanches (Rafael Moura) e Heron; Ratinho (Pintado), Breno (Pedro Marinho), Ariel Cabral (Henrique Lordelo), Gustavo Blanco e Rodrigues; Keko (Daniel Silva) e Fernandão.

Técnico: Glauber Ramos.

São Paulo:

Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara (Vitor Bueno) e Igor Gomes (Tchê Tchê); Luciano (Hernanes) e Brenner (Pablo).

Técnico: Fernando Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.