O Santos está na final! A equipe santista não tomou conhecimento e goleou o Boca Juniors por 3 a 0, pelo jogo de volta da semifinal da Libertadores. Os gols da equipe santista foram marcados por Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga

Foto: Ivan Storti/Santos FC



Santos começa no ataque, pressiona e abre o placar

Nem bem apitou o árbitro e o Santos já quis repetir o feito contra o Grêmio e foi em busca de pressionar o Boca Juniors. Aos 15 minutos, Soteldo mandou o chute, e a bola tocou no braço de Lisandro López. Os jogadores do Santos esboçaram pedir pênalti, já os argentinos trataram de dizer que não foi nada, mas Pituca não quis nem saber dessa confusão, pegou o rebote e mandou para o fundo das redes.

Precisando empatar a partida, o boca se soltou um pouco mais, porém sem conseguir dominar o Santos. Enquanto isso o Santos seguiu em busca de ampliar o placar e quase conseguiu, em uma pancada impressionante de Marinho em uma cobrança de falta e depois batida colocada de Kaio Jorge.

Santos mata o jogo

O Boca Juniors voltou com duas alterações para etapa final Buffarini no lugar de Jara na lateral direita do na vaga de Diego González no meio-campo. Mas o Santos foi quem assustou e não demorou para ampliar. Soteldo aos três avanços para cima da marcação mandou uma pancada.

Dois minutos depois Marinho rompeu zagueiros e mandou para Lucas Braga que completou para o fundo das redes.

O Boca Juniors acabou ficando desnorteado e foi envolvido pela equipe santista, nas poucas chances que teve, João Paulo apareceu bem para defender. E o que já não estava bem para os Xeneizes ficou ainda pior. Fabra perdeu a cabeça e agrediu Marinho, que caído tomou um pisão na barriga.

Final brasileira

Após despacharem os argentinos, Santos e Palmeiras, melhor campanha e segunda melhor campanha, se encontram na final da Libertadores, marcada para o dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.