A vida do Papão da Curuzu não esta fácil, o Paysandu sofre em campo na Série C e agora sofre atentados.

Neste dia 25 de junho o Paysandu foi cercado por pessoas se passando por torcedores do clube os ameaçando, no aeroporto de Belém.

Os jogadores do Paysandu foram hostilizados no embarque da equipe para o Ceará na tarde desta sexta-feira. Alguns atletas chegaram a sofrer empurrões e tentativas de agressão pelos torcedores que invadiram o aeroporto de Belém para protestarem contra a fase da equipe na Série C do Brasileiro.

As imagens que foram divulgadas nas redes sociais mostram um grupo uniformizado ofendendo os jogadores e ameaçando: “se perder, já sabe”.

Um dos mais cobrados é o atacante Nicolas, artilheiro do time na temporada, mas que não marca há 14 partidas.

É possível ver o atleta sendo cercado e até recebendo um tapa nas costas. O volante Bruno Paulista também foi pressionado, chegando a encarar um torcedor que havia o empurrado.

O goleiro Victor Souza passou perto de sofrer uma agressão. Após alguns empurrões, o jogador quase levou um chute antes de subir a escada para a área de embarque do aeroporto.

Em nota, o clube condenou “os atos de agressividade” e informou que tomará “as providências cabíveis”.

O Paysandu enfrenta o Floresta neste domingo, a partir das 15h30, no Estádio Domingão, em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. A equipe bicolor está com cinco pontos na 8ª posição do Grupo A da Série C do Brasileiro.

Nota oficial do Paysandu

“O Paysandu Sport Club entende que o torcedor é livre para expressar publicamente suas manifestações e sentimentos, mas jamais vai admitir atos de violência.

Sobre os fatos que ocorreram na tarde desta sexta-feira (25), no Aeroporto Internacional de Belém, o clube lamenta e condena veementemente os atos de agressividade sofridos pela delegação de futebol profissional, antes do embarque para o Nordeste.

Por fim, o Paysandu Sport Club informa ainda que já recebeu as imagens e que vai tomar as providências cabíveis

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.