Pacaembu ou “Velho Paca” começa o seu processo de modernização e restauração

A Concessionária Allegra Pacaembu iniciou as novas reformas no Complexo Pacaembu. A empresa ressalta que o objetivo das mudanças é elevar o nível de conforto e segurança. A Concessionária assumiu a gestão do Complexo em janeiro de 2020, por 35 anos, e prevê investir cerca de R$ 400 milhões no equipamento público tombado.

Uma das alterações será a demolição da arquibancada Sul, conhecida como tobogã.

“No lugar do tobogã será construído um edifício multifuncional, com espaços pensados para proporcionar experiências únicas, diferente do que São Paulo conhece”

afirmou a Concessionária

As arquibancadas Leste e Oeste também sofreram alterações. Serão criadas novas áreas internas, banheiros e lanchonetes, além de uma arena de eSports (esportes eletrônicos). Outras reformas no estádio acontecerão na fachada e na arquibancada Norte, que irão passar por processo de restauração.

“Nosso desejo é manter viva a história do Pacaembu. Essa obra será executada com todo zelo e respeito ao patrimônio, orientada para o futuro, iniciando uma nova fase desse ícone de São Paulo. O projeto entregará aos paulistanos um espaço público mais democrático, plural e acessível, resgatando os pilares originais de cultura e lazer, além de potencializar o seu uso esportivo”

afirma Eduardo Barella, CEO da Allegra Pacaembu, À Gazeta Esportiva

Assista o documentário de 2012 “Pacaembu, o gigante sem dono”

O Pacaembu

O Pacaembu tem uma área total de 75.598 m², sendo que o estádio tem 50.000 m², com capacidade de público para 40 mil pessoas divididas na arquibancada, numeradas e tribunas.

A iluminação é composta de seis torres de nas laterais, totalizando 126 refletores. O campo de futebol tem 104 metros de extensão e 68 metros de largura, com alambrado tem 2,50 metros de altura. O complexo poliesportivo tem área total de 25.598 m².

O estádio conta com 37 sanitários masculinos e femininos localizados nas arquibancadas superiores, em volta do campo e próximos ao tobogã.

O complexo possui piscina olímpica aquecida com arquibancada para 2.500 pessoas e padrão Federação Internacional de Natação, ginásio poliesportivo coberto com capacidade para abrigar 2.166 espectadores, ginásio de saibro coberto para tênis com arquibancada para 800 pessoas, quadra externa de tênis com arquibancada para 1.500 pessoas, quadra externa para futsal e vôlei com iluminação, três pistas de corrida com 500, 600 e 860 metros e duas salas de ginástica e atividade física em geral.

Segundo dados da prefeitura, durante a semana 300 pessoas utilizam as quadras e equipamentos e 200 usam a piscina, número que aumenta para 500 aos finais de semana e verão. 

Desde sua inauguração em 27 de abril de 1940, se associaram ao Pacaembu 27 mil pessoas.

Eventos

A primeira partida de futebol disputada no estádio foi realizada no dia 28 de abril de 1940, entre Palestra Itália e Coritiba. Em 1950 o estádio recebeu a Copa do Mundo de 1950, com seis jogos, um deles do Brasil contra a Suíça.

Em 1961, o Pacaembu recebe o nome de Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, homenagem ao comandante da delegação brasileira na Copa do Mundo de 1958, na Suécia.

O maior público registrado no estádio foi 71.281 espectadores em uma partida do São Paulo contra o Corinthians em maio de 1942. Em 1963, o complexo recebeu os jogos Pan-Americanos.

Depois de ser considerado patrimônio histórico da cidade de São Paulo em 1994, o estádio recebeu o Papa Bento que realizou uma missa no local.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.