Ex-piloto, Williams se consagrou com sua equipe de Fórmula 1

A Williams anunciou na manhã deste domingo (28) o falecimento de Sir Frank Williams.

Fundador da equipe que leva seu sobrenome, Frank foi um dos nomes mais icônicos da história do automobilismo mundial.

Nascido em 1942, o inglês tentou a carreira de piloto antes de virar dirigente.

Fundou a Frank Williams Racing Cars em 1966 e, três anos depois, comprou um chassis Brabham para entrar na Fórmula 1 com o amigo (e piloto) Piers Courage.

Em 1970, mudou para um chassis De Tomaso, mas a morte de Courage em Zandvoort no mesmo ano abalou Frank, que passou a ter graves problemas financeiros.

Em 1973, Frank Williams se associou ao construtor italiano Iso para, enfim, competir na Fórmula 1.

Construiu seu próprio carro em 1975 e, dois anos depois, fundou a Williams Grand Prix Engeneering, por meio de uma sociedade com Patrick Head.

Desde então, a Williams conquistou nove vezes o Mundial de Construtores (1980, 1981, 1986, 1987, 1992, 1993, 1994, 1996 e 1997) e foi sete vezes campeã do Mundial de Pilotos: 1980 (Alan Jones), 1982 (Keke Rosberg), 1987 (Nelson Piquet), 1992 (Nigel Mansell), 1993 (Alain Prost), 1996 (Damon Hill) e 1997 (Jacques Villeneuve).

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.