Cruzeiro é a segunda pele das feras Jajá e Eskerdinha, que sonham com títulos na raposa

Em mais um ano juntas no CruzeiroJajá e Eskerdinha iniciam a terceira temporada com a camisa celeste. Duas referências do elenco atual, fazem parte da equipe desde a sua fundação, participaram do acesso à elite do futebol nacional, em 2019, e a conquista do Campeonato Mineiro (2019)

Jajá fazendo história no Cruzeiro

Zagueira técnica e liderança em campo, Jajá passou por São Francisco-BA, Foz Cataratas-PR e Caucaia-CE, antes de chegar ao Cruzeiro e se consolidar no setor defensivo. Já com título e acesso pelo time mineiro, a atleta almeja mais conquistas nesta nova temporada que se inicia:

Fala Jajá:

“Vejo um novo grupo, uma mescla bacana de experiências. Todas dedicadas e entregues a proposta e ideia de jogo do Tchelo. Nosso time vem em uma crescente evolução de treinamentos, estamos trabalhando muito forte. As expectativas para esse ano são ainda maiores, sabemos o que passamos ano passado por ser o nosso primeiro ano de série A1. Foi um ano conturbado e corrido. Por causa da pandemia, tivemos que nos readequar a nova forma de treinamentos, adotando todos os cuidados possíveis.

Fala Eskerdinha:

Neste ano, pode esperar por um Cruzeiro ainda mais aguerrido, um time bem mais experiente. Temos consciência que o Brasileirão 2021 será bem mais forte, com muitas equipes qualificadas, cada partida será uma final. Mas estamos trabalhando muito forte para conseguir alcançar nossas metas. ”

Eskerdinha é pura dedicação com o Cruzeiro

Eskerdinha, lateral, também já deixou seu nome marcado na história do clube. Além das conquistas, é a atleta com maior número de jogos pela equipe celeste. Em seu terceiro ano, as expectativas são de aumentar essa estatística, além de objetivos coletivos ainda maiores:

“Minhas expectativas são muito boas, temos um grupo com muita qualidade e estamos trabalhando muito para fazermos um bom campeonato. A pré-temporada segue forte, desde o início estamos evoluindo, cada vez mais concentradas e focadas no que o professor está passando para nós. Eu fico feliz em ser uma das atletas em que mais atuou pelo clube, sigo trabalhando firme para estar sempre à disposição da equipe. Irei fazer tudo que posso para ajudar, é sempre uma honra vestir a camisa de um clube vencedor como o Cruzeiro. ”

Definidas as datas, o Cruzeiro estreia no Campeonato Brasileiro contra o Real Brasília, dia 18, às 17h. O torneio manteve sua fórmula de disputa, com 16 times jogando em turno único. Os oito melhores se classificam para o mata-a-mata final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.