Lewis Hamilton impôs derrota a Max Verstappen, venceu o polêmico e confuso GP da Arábia Saudita e vai para a decisão, em Abu Dhabi, empatado em pontos com o rival

Lewis Hamilton venceu o polêmico, confuso e caótico GP da Arábia Saudita, fez a melhor volta da corrida deste domingo (5) e vai para a decisão do título desta imprevisível temporada da Fórmula 1 empatado em pontos com Max Verstappen.

Em uma noite surreal e marcada por duas bandeiras vermelhas, intervenções do safety-car e até de uma freada forte de Max que culminou em batida de Hamilton na traseira do carro do rival, o heptacampeão do mundo arrancou a ultrapassagem no peito e na raça e mesmo com a asa dianteira avariada nas voltas finais e impôs uma dura derrota ao holandês no momento de uma grande arrancada do britânico rumo ao oitavo título.

No fim da corrida, já na reta dos boxes, Valtteri Bottas, que estava bastante apagado na prova, passou a Alpine de Esteban Ocon, conquistou a terceira colocação e vibrou como se fosse uma grande vitória. O resultado praticamente encaminhou o título dos Construtores para a Mercedes pela oitava vez seguida.

Daniel Ricciardo levou a McLaren ao quinto lugar da prova, sendo seguido por Pierre Gasly, da AlphaTauri. Charles Leclerc e Carlos Sainz, com a Ferrari, terminaram em sétimo e oitavo, respectivamente. Antonio Giovinazzi, de saída da F1, foi o nono com a Alfa Romeo, enquanto Lando Norris marcou mais 1 ponto com o décimo lugar.

Em cenário previsto antes da corrida, Hamilton e Verstappen vão para a decisão do título, na próxima semana, em Abu Dhabi, exatamente com 369,5 pontos. É a primeira vez desde quando Clay Regazzoni e Emerson Fittipaldi decidiram a taça, em 1974, que dois pilotos chegam empatados para a corrida final da temporada.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.