ESPORTESNET

Piloto Sérgio Sette Câmara correrá com capacete em homenagem aos 115 anos do Clube Atlético Mineiro e à Arena MRV

Neste sábado, 25 de março, a cidade de São Paulo entrará mais uma vez para a história do automobilismo no Brasil ao receber a primeira corrida do Campeonato Mundial da Fórmula-E no país. A competição que reúne veículos 100% elétricos e compete nas ruas das principais cidades do mundo está em sua nona temporada e tem como uma de suas estrelas o piloto Sérgio Sette Câmara, de Belo Horizonte.

Serginho, como é conhecido nas pistas, teve passagem vitoriosa pelas principais categorias de base do automobilismo mundial. Em sua trajetória teve participação nas equipes McLaren, Red Bull e Alpha Tauri na F-1 e, desde 2020, direcionou a sua carreira para as competições da Fórmula-E.

Vindo de uma família de atleticanos e filho do ex-presidente do Clube Atlético Mineiro – Sérgio Sette Câmara (pai), o piloto decidiu fazer na corrida deste fim de semana uma homenagem ao Clube, que neste mesmo dia 25 completará 115 anos e, também, à Arena MRV – estádio que está sendo construído pelo clube com inauguração prevista para o próximo dia 15 de abril.

O capacete que Serginho usará na corrida teve a sua identidade visual idealizada pelo artista José Augusto Basílio e a pintura executada pela Starling Design, ambos de Belo Horizonte. O grafismo mostra, em linhas gerais, os contornos da Arena MRV permeados por grafismos em branco, preto e cinza. Nas laterais um grande número 7 remete ao nome do piloto e, na parte interna deste número, o logo do Clube Atlético Mineiro de um lado e o já histórico “Galo Volpi”, de outro. Para completar, na parte traseira do capacete, as bandeiras de Minas Gerais e do Brasil permeadas pelo número 115 no centro de um símbolo que remete à logo do clube fazem à menção histórica ao aniversário.

“Estou muito feliz em correr no Brasil pela primeira vez desde que me profissionalizei no automobilismo. Normalmente, em suas corridas de casa, os pilotos costumam fazer uma homenagem aos seus países de origem. Porém, como em meu capacete tradicional eu já uso as cores da Bandeira do Brasil, achei que faria todo o sentido fazer uma homenagem diferente e especial para o Galo e, também, para a MRV – empresa que me patrocina há seis anos e dá nome ao novo estádio do meu clube do coração. Depois da corrida este capacete será doado ao acervo da Arena MRV e estará disponível para todos os fãs e torcedores poderem ver de perto a peça. Agradeço ao José Augusto e ao Bruno Starling pelo trabalho e espero que a pintura me dê muita sorte na corrida do Anhembi, neste fim de semana”, concluiu o piloto de 24 anos.

A sexta etapa do Campeonato Mundial de Fórmula-E será disputada as 14 horas deste sábado, dia 25 de março, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Os últimos ingressos ainda estão à venda pelo site eventim.com.br.

Fotos: Flávio Quick | Divulgação

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.