Camila Avaí/Kindermann Futebol Feminino WP Assessoria

Avaí conseguiu embalar boa sequência e se estabelece na luta pelo G8

Restando apenas duas rodadas para o fim da primeira fase, o Avaí/Kindermann vive grande momento e se consolidou na briga pelo G8 do Campeonato Brasileiro. São cinco vitórias nos últimos sete jogos, e a equipe está cinco pontos na frente do nono colocado.

Caso empate na próxima rodada, o time catarinense já se garante na fase de mata-a-mata.

Titular desde a terceira rodada, a jovem zagueira Camila se consolidou como uma das peças fundamentais do sistema defensivo do time.

Conhecida pelo seu estilo de jogo elegante, comete poucas faltas, sendo advertida apenas uma vez com cartão amarelo na competição.

Apesar da pouca idade, apenas 20 anos, Camila foi titular em quase toda a campanha do vice-campeonato de 2020 do Avaí Kindermann. Também atuou em todas as partidas da Libertadores que o clube participou.

Desde 2020 no Avaí, Camila conta com passagens pelas seleções de base do Brasil. Ela também foi convocada pela primeira vez para a seleção principal, em novembro do ano passado, pela técnica Pia Sundhage.

Fala Camila

“Acredito que é preciso lutar até o final e superar as adversidades. E é isso que temos feito! Não iniciamos bem no Brasileiro, mas a única coisa que poderíamos fazer era olhar o que estávamos errando, para poder concertar e mirar o futuro.

Assim, conseguiríamos ajeitar o que fosse necessário e que faria a diferença para nos colocar na zona de classificação novamente.

Sinto muita uma felicidade imensa por chegarmos e nos mantermos no G8, e mais ainda por dependermos apenas de nós. Acredito no processo, e ele não é feito só de coisas boas, então tem sido muito especial e de muito aprendizado.

Por fim, estou feliz por termos uma sequência de bons resultados.

Ela foi, e ainda é, muito importante para que nos mantivesse vivas na competição.”

declarou Camila, do Avaí Kindermann

Próximo embate do Avaí/Kindermann

Na próxima rodada, o Avaí/Kindermann enfrenta o Flamengo. A partida será no Rio de Janeiro, no dia 19, às 15h. Para garantir a classificação à fase final do Brasileiro, Camila e suas companheiras precisam apenas de um empate. Uma vitória, dependendo da combinação de resultados, pode fazer com que o a equipe catarinense suba mais na tabela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.