Andrés Rueda, da chapa 4 “União pelo Santos”, foi eleito o novo presidente do Santos.

5748 associados votaram à distância, além de 2406 foram na Vila Belmiro e outros 95 em São Paulo, na Federação Paulista de Futeb. Foi o maior número de votos na história de eleições do Alvinegro Praiano. Um total de 8249.

Andrés Rueda teve 3936 votos, em segundo lugar ficou Rodrigo Marino com 1171, seguido por Ricardo Agostinho 1070, Fernando Silva com 993, Milton Teixeira Filho 492 e Daniel Curi com 477.

Rueda tem 64 anos, é matemático, com especialidade em engenharia de sistemas e experiência em gestão e é empresário aposentado. Ele foi o segundo colocado nas eleições em 2017. Fez parte do Comitê de Gestão de José Carlos Peres, mas renunciou ao cargo após sete meses, antes já havia participado do CG de Modesto Roma.

Os principais desafios do novo mandatário são financeiros, já que as antigas gestões deixaram dividas no clube, que inclusive está punido pela Fifa de contratar novos jogadores.

A tendência é que o presidente em exercício, Orlando Rollo, inicie o processo de transição com Rueda na próxima semana.

De fato, Rueda só passará a assinar oficialmente como presidente do Santos no dia 1º de janeiro de 2021.

Qual será o Comitê de Gestão de Andrés Rueda?

O Comitê de Gestão é o colegiado formado por sete membros não remunerados que tomam as principais decisões do Santos, ao lado do presidente e do vice José Carlos de Oliveira. Andrés Rueda montou o seu com: Walter Schalka, José Renato Quaresma, Ricardo Campanario, Dagoberto Oliva, Vitor Sion, Rafael Leal e José Berenguer.

Rueda votando neste sábado pela manhã, seu voto foi à distância. Foto: divulgação/Unidos pelo Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.