ESPORTESNET

Time competiu contra o Stein Cascavel no Ginásio da Neva, no Paraná

A equipe Taboão Magnus competiu na Liga Feminina de Futsal (LFF) junto com o time Stein Cascavel no sábado, 19/11, no Ginásio da Neva, no Paraná. O time taboanense ficou em 2º lugar, com um placar de 1 a 0 para Cascavel. A partida foi para prorrogação por conta do empate que teve entre as duas equipes nos jogos anteriores.

Quem acompanha a equipe, sabe o quão acirrados são as partidas entre esses dois times. Mesmo ficando como vice-campeã, a torcida não deixou de fazer seu papel na hora de apoiar as meninas com toda alegria e orgulho.

A treinadora do Taboão Magnus, Cris Souza, comentou sobre o jogo. “A Liga Nacional foi uma competição incrível, pela primeira vez nesse formato, envolvendo as 12 equipes fraqueadas do país. Essa competição durou o ano todo com início em março e acabando agora em novembro, preencheu o calendário do futsal feminino, levando muito entretenimento para o torcedor de Taboão e do Brasil. A gente fica muito feliz por ter chegado a esta grande final, e mais uma vez levando o nome da nossa cidade ao topo das competições nacionais”, disse.

De acordo com Cris Souza, o cansaço acumulado das competições disputadas ao longo do ano pesou na partida final. “Não conseguimos produzir tudo o que mostramos nos jogos em casa com a presença do nosso torcedor, então acabou sendo um jogo desafiador que, de certa forma, optou levar mais força para a prorrogação. Ficamos tristes por um lado, mas a gente entende que foi um ano de conquista da Libertadores, Copa do Brasil e campeonatos estaduais. Acredito que ter perdido faz com que a gente repense e tente melhorar na medida do possível para a próxima temporada”, completou a treinadora.

Por Giovanna Lopes, sob supervisão de Renata Gomes

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.