Parece piada de primeiro de abril mas não é: Roma perde por 6 a 1 para o modesto Bodo/Glimt pela Liga Conferência, e treinador português sofre seis gols no mesmo jogo pela primeira vez

O técnico português escalou os reservas. Da equipe que perdeu para a Juventus no último fim de semana, apenas o goleiro Rui Patrício e o zagueiro brasileiro Ibañez foram titulares na Noruega. Pellegrini, Tammy Abraham, Mkhitaryan, Cristante e Shomurodov entraram no segundo tempo. Mas não evitaram o vexame.

A Roma finalizou apenas seis vezes no jogo, duas no gol. O Bodo/Glimt fez 2 a 0 com Erik Botheim e Patrick Berg, e o espanhol Carles Pérez diminuiu ainda na primeira etapa.

Mas o passeio dos donos da casa seria completado na segunda etapa. Botheim novamente, Ola Solbakken duas vezes, e Amahl Pellegrino fizeram o impensável: 6 a 1 para os noruegueses.

O frio e a grama artificial foram adversários da Roma em Bodo. Os termômetros marcavam 2º antes do apito inicial na partida. Na véspera do jogo, os atletas foram ao campo do Aspmyra Stadion, sob neve e ventos fortes, e o zagueiro Gianluca Mancini foi flagrado com o seguinte desabafo:

“Precisarmos vir até aqui somente por culpa nossa. É uma punição pelo campeonato de merda que fizemos no ano passado”

declarou Mancini, na véspera do jogo

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.