8 times lutarão pelo título da Série A2 – Foto: Anderson Rodrigues/Divulgação/FPF

Times disputam duas vagas na primeira divisão estadual, confira a análise e os jogos

Nesse sábado, 26, começa a ser disputada a fase de quartas de final do Campeonato Paulista da Série A2, que garante vaga no Paulistão do ano que vem. Os times se enfrentarão em jogos de ida e volta. Os dois finalistas sobem.

Confira os jogos de ida:

26-03 – Primavera x Portuguesa 15h

26-03 – São Bento x XV de Piracicaba 19h

27-03 – Linense x Oeste 10h

27-03 – Velo Clube x Rio Claro 19h

Nenhuma das equipes possui qualquer vantagem, em caso de igualdade de gols na soma das partidas, a decisão será nas penalidades máximas.

A novidade dessa fase fica por conta do VAR, presente em todas as partidas.


Veja como cada time chegou ao mata-mata:

Portuguesa

Time mais conhecido da A2, a Lusa fez finalmente uma campanha incontestável. O time da capital começou o campeonato arrasador, com goleadas e bons jogos, assumindo a liderança na quinta rodada e não perdendo mais. Mesmo sofrendo com desfalques e oscilando no desempenho, a Lusa se garantiu na primeira colocação e chega como uma das favoritas a subir.

Primavera

A equipe de Indaiatuba, recém promovida da A3 começou o campeonato em baixa e foram necessárias oito partidas para que a equipe do interior conseguisse a primeira vitória. O Fantasma, como é conhecido, conta com os experientes Alecssandro e Rafael Marques no ataque, e só embalou depois da chegada do treinador Wilson Júnior.  Após flertar com a zona de rebaixamento durante quase toda a competição, chegou ao G-8 na penúltima rodada e sacramentou a classificação vencendo o XV em Piracicaba na última rodada. Olho neles!

Oeste

Único time da competição que possui divisão nacional, o agora barueriense Oeste conta também com o elenco mais caro da torneio. A equipe sempre esteve no G8, e passou até por uma mudança de treinador. Fernando Marchiori iniciou a competição e após uma curta sequência sem vitórias, deixou o cargo com a equipe na vice-liderança. A polêmica decisão se mostrou acertada, e o Oeste garantiu com tranquilidade a segunda colocação.

Linense

Um dos menores orçamentos da A2, o também recém-promovido Linense é uma das surpresas do campeonato. Muito bem montada pelo treinador João Valim, o Elefante deu trabalho desde o começo da competição. Uma queda de rendimento nas rodadas finais fez com que a equipe perdesse as posições de topo do G8, e agora a equipe de Lins terá um desafio duro contra o Oeste.

Rio Claro

Após um começo surpreendentemente ruim, o Rio Claro melhorou sob comando de Alberto Felix, se arrumou defensivamente e chega com moral ao mata-mata, como candidato ao acesso. O Rio Claro foi, inclusive, a única equipe que venceu a Portuguesa. Terá como adversário seu rival local.

Velo Clube

O outro time da cidade de Rio Claro começou o campeonato como grata surpresa. Embalado pelo jovem Felipinho, a equipe rubro-verde figurou no G8 durante praticamente toda a competição. Depois de sofrer uma queda de rendimento, precisou vencer o São Bento em Sorocaba na útlima rodada para garantir sua vaga.

XV de Piracicaba

A tradicional equipe do interior começou o campeonato de forma até assustadora. Mesmo cotado ao acesso, o “Nhô Quim” sofreu nas primeiras rodadas. Após a chegada de Roberto Cavalo, a equipe quinzista começou a empilhar bons resultados, e chega ao mata-mata como uma das mais cotadas ao acesso.

São Bento

Treinada pelo lendário Paulo Roberto Santos, a equipe sorocabana fez um campeonato consistente, e garantiu a classificação sem sofrer. A equipe sabe se defender e tem bons valores no ataque, prometendo dar trabalho aos piracicabanos do XV.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.