Luis Ricardo ergueu a taça da Série A2

Quando Luís Ricardo levantou o troféu da Série A2 após vitória por 2 a 0 da Portuguesa sobre o São Bento no último domingo, além de levar os doze mil presentes no Canindé ao delírio, tornou-se o maior campeão pela Lusa nesse século.

Não havia alguém mais indicado para isso do que ele, Luis, que chegou na Portuguesa em 2010, já aos 26, como um centroavante de algum destaque em equipes do interior paulista.

Na Lusa ele virou lateral-direito por necessidade, destacou-se na posição e em 2011 fez parte do lendário time que ficou conhecido como Barcelusa e foi campeão brasileiro da Série B naquela oportunidade.

Luis permaneceu no time que sucumbiu no ano seguinte no estadual, mas seguiu firme, e em 2013, mesmo com interesses de equipes grandes, jogou a segundona do Paulista e ergueu seu segundo caneco pela Lusa.

Ao final da temporada, após o rebaixamento da Portuguesa nos tribunais, o lateral seguiu seu caminho rumo ao São Paulo e ainda jogou por várias equipes importantes do futebol brasileiro como Botafogo e Juventude.

Nessa temporada, voltou para onde segundo ele mesmo “se sente em casa”, e tornou-se capitão e um dos pilares do time que conquistou o acesso para a elite do futebol paulista, e o título da série A2.

Luis afirma que “está mais perto do fim da carreira do que do começo”, mas com certeza, o atleta de 38 anos já cravou um lugar importante na história desse clube.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.