Competição terá a participação de 12 equipes com previsão de início em abril deste ano, uma delas, a gigante Taboão/Magnus

Mais um golpe na CBFS, clubes anunciam liga de futsal feminino com aval da CBF

O futsal feminino brasileiro terá uma liga de clubes própria a partir desta temporada. Formada por 12 equipes de seis estados diferentes, a Liga Feminina de Futsal (LFF) será disputada entre abril e novembro.

A competição já possui calendário e fórmula de disputa definidos. Na primeira fase, os times se enfrentam entre si com os oito melhores avançando para a fase mata-mata, que será disputadas em jogos de ida e volta até a definição dos dois finalistas.

“É um momento de vitória e muita alegria para o futsal feminino. Durante muitos anos lutamos para ter uma competição com estrutura, visibilidade e apoio institucional. Agora teremos o nosso espaço e vamos trabalhar muito para que seja somente o início de uma jornada inovadora para o esporte feminino do Brasil”

disse Tatiana Weysfield, presidente da Liga Feminina de Futsal

As atletas serão registradas pelos clubes diretamente no sistema de registros e contratos da CBF, assim como na Liga Nacional de Futsal (LNF). A arbitragem das partidas terá a presença de profissionais formados pelo quadro criado pela CBF, que será a reguladora da competição.

Os clubes participantes da LFF não irão disputar o Novo Futsal Feminino Brasil (NFFB), principal competição da modalidade até então e que é organizada pela Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), mais um duro golpe que a CBF da para tirar toda a força e poder da combalida CBFS.

“Já é fato conhecido por todos a condição que se encontra a CBFS. Endividada e sem força junto a clubes e federações, grandes craques constantemente atacam a entidade e a CBF com a força dada pela imposição da FIFA vem se apropriando cada vez mais da modalidade”

Comenta o Prof Fernando Alves Firmino – Treinador, Jornalista e CEO do ESPORTESNET

“O futsal brasileiro vive um momento de muitas mudanças, é normal gerar um impacto inicial, mas sabemos que as coisas caminham para melhor, para uma estrutura maior e que irá refletir em condições melhores para clubes, atletas e profissionais. Em um curto espaço de tempo seremos mais uma excelente opção de entretenimento aos fãs de esporte do Brasil e ótima opção para grandes empresas atrelarem suas marcas”

concluiu Tatiana Weysfield, presidente da Liga Feminina de Futsal

Confira abaixo os clubes participantes da LFF:

  • Taboão/Magnus
  • ADEF-DF
  • ADTB-PR
  • ADC-SE
  • Barateiro-SC
  • Cianorte-PR
  • Female-SC
  • Leoas da Serra-SC
  • Londrina-PR
  • São José-SP
  • Stein-PR
  • Sumov-CE

Deixe seu comentário