Devido a pandemia, as gigantes do futsal irão se enfrentar por uma vaga na Liberta

Mas por que os dois clubes teriam que se enfrentar por uma vaga na Libertadores? As Leoas da Serra venceram a Edição 2020, e em um cenário normal, o clube estaria classificado a Libertadores de 2020.

Com a Pandemia do Covid-19, que atingiu o mundo todo, a Conmebol cancelou a Libertadores em 2020, sendo assim a Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) enviou uma solicitação a Conmebol, para o Brasil fosse contemplado com mais uma vaga na Libertadores, assim o campeão de 2020 e 2021 teriam suas vagas garantidas.

Porém a solicitação não foi aceita devido ao possível aumento de vagas para contemplar as demais Federações Internacionais, então a CBFS decidiu realizar o confronto entre os campeões de 2020 e 2021 para decidirem em um jogo único o representante brasileiro na Libertadores 2021.

O confronto da Supercopa Feminina acontece tradicionalmente entre a equipe Campeã da Copa do Brasil, que em sua edição 2020 foi vencida pelo Taboão/Magnus, e a equipe vencedora da Taça Brasil de Futsal Feminino, porém devido ao o Decreto nº 41.849 do Distrito Federal (local onde aconteceria a competição), de 27 de fevereiro de 2021, que suspendeu inicialmente até o dia 15 de março de 2021 todas as atividades e estabelecimentos comerciais, inclusive eventos de qualquer natureza, não foi possível a realização do evento.

Sendo assim a CBFS resolve que a indicação para a Libertadores de Futsal Feminina, em cumprimento ao Regulamento dos Certames Nacionais, será definida em jogo único, no dia 15/05/2021, entre o clube campeão da Supercopa Feminina 2020, Associação Leoas da Serra – SC e da Copa do Brasil Feminina 2020, Taboão /Magnucs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.