Em preparação para provável participação nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, Jaqueline Mourão conquista suas primeiras medalhas do ano

Os atletas brasileiros dos esportes de neve estão nos últimos dias de classificação para suas potenciais participações nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, que serão realizados em Beijing (China).

Entre as vagas já conquistadas pelo Brasil para o evento, estão as três vagas da modalidade do Ski Cross Country, sendo uma delas para atleta do masculino e duas para atletas do feminino.

Desde o começo da temporada, os atletas que compõem a equipe brasileira de Ski Cross Country já disputaram muitas competições na América do Norte e na Europa, sem contar de suas participações no Circuito Brasileiro de Rollerski, modalidade que integra o Ski Cross Country e é praticada diretamente no asfalto.

Jaqueline Mourão conquista medalhas de prata na Sérvia

A atleta brasileira Jaqueline Mourão participou das provas da competição da Copa dos Balcãs entre os dias 12 e 13 de janeiro, realizadas em Zlatibor (Sérvia).

No dia 12 de janeiro, durante prova de Distance Clássico (que compreende, no feminino, uma distância de 5km), Jaqueline conquistou um dos melhores resultados em sua carreira no Ski Cross Country.

A brasileira finalizou a prova com o tempo de 14min40s1 e conquistou a medalha de prata! Jaqueline também ficou apenas 7.9 segundos atrás da espanhola Marta Moreno Ramos, que finalizou em primeiro lugar. A letoniana Estere Volfa completou o pódio em terceiro lugar.

Com o resultado, Jaqueline conquistou 103.36 pontos FIS (quanto menos pontos FIS, melhor foi o resultado conquistado durante a prova), o melhor resultado de sua carreira em provas disputadas na técnica Clássica.

No segundo dia da competição, 13 de janeiro, Jaqueline participou de mais uma prova de Distance Clássico e novamente conquistou um excelente resultado.

A atleta finalizou a prova com o tempo de 14min18s5 e, novamente, na segunda colocação conquistando mais uma medalha de prata. Nessa ocasião, Jaqueline ficou 9.5 segundos atrás da espanhola Marta Moreno Ramos, que finalizou em primeiro lugar novamente. Jaqueline também conquistou 105.06 pontos FIS com o resultado.

As medalhas de prata também se tornam a décima e décima primeira medalhas conquistadas pela brasileira em competições oficiais de Ski Cross Country.

“Muito feliz com o desfecho destas últimas provas classificatórias, conquistamos dois pódios em Copa Continental, colocando nosso país em evidência. Meu melhor resultado no estilo clássico da minha carreira e não poderia ser em um melhor momento. Estamos bem perto de confirmar a vaga!”, celebrou Jaqueline.

Além de Jaqueline, as atletas brasileiras Bruna Moura, Eduarda Ribera e Mirlene Picin participaram da competição.

Na primeira prova, Bruna Moura conquistou a 7ª colocação, com o tempo de 16min10s6. Mirelene Picin, finalizou em 9º lugar, com o tempo de 16min45s4, e Eduarda Ribera, com o tempo de 17min10s8, no 10º lugar.

Na segunda prova da competição, as atletas fizeram uma performance ainda melhor. Bruna Moura finalizou em 6º lugar, com o tempo de 15min45s2, Eduarda Ribeira em 7º lugar, com o tempo de 15min46s3, e Mirlene Picin na 10ª colocação, com o tempo de 16min30s2.

Referência Olímpica

O resultado demonstra o incrível foco de Jaqueline Mourão para mais uma provável participação Olímpica. Mais uma em sua extensa e vitoriosa carreira esportiva.

Jaqueline Mourão estreou nos Jogos Olímpicos fora da neve. Na ocasião, a brasileira participou dos Jogos Olímpicos de Atenas (Grécia), realizados em 2004, disputando a competição no Ciclismo Mountain Bike. Sua estreia em Jogos Olímpicos de Inverno aconteceu em Torino (Itália), em 2006, participando do evento no Ski Cross Country.

Desde então, já são 7 participações em diferentes Jogos Olímpicos como representante do país nos esportes de Ciclismo Mountain Bike, Biathlon e Ski Cross Country. Sua sétima participação aconteceu nos Jogos Olímpicos de 2020, realizados em Tóquio (Japão).

Um recorde de participações alcançado por outros grandes nomes do esporte nacional, como Robert Scheidt e Miraildes Maciel Mota, a Formiga.

Sua possível classificação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 culminaria em estabelecer Jaqueline Mourão como a maior referência do país em participações em Jogos Olímpicos: a atleta alcançaria um total de 8 participações no evento em 3 esportes diferentes.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.