Principal alegação é contra a instabilidade da plataforma
Instat TV. Foto: Divulgação

Os internautas que assistem a Série D não gostaram da novidade nas transmissões para essa temporada. A InstaT TV, empresa de streaming que começou a transmitir os jogos nesse ano vem sendo alvo de críticas a cada jogo.

Dentre as principais alegações estão a instabilidade do site, que não aguenta muitos acessos, além das constantes expirações de login que acontecem ao assistir uma partida. A qualidade de imagem e dos narradores também vem sendo questionada.

A Instat TV é uma empresa russa que até poucas semanas atrás era completamente desconhecida do público brasileiro. Dentre suas principais atrações estão o Campeonato Jamaicano e a Liga Nacional da Moldávia, e o site sequer possui tradução para o português.

O acordo da CBF com a plataforma veio às vésperas do início da competição e surpreendeu os torcedores. No dia anterior a partida de estreia da Série D não era possível obter nenhuma informação sobre os jogos no site da Instat TV.

Com isso, na primeira rodada vários jogos ficaram sem cobertura nenhuma, e os que tiveram transmissão sofreram com a instabilidade e excesso de acessos, o que derrubou o site por vários minutos.

Na segunda rodada, mesmo após vários protestos, o cenário não mudou e relatos observando os mesmos problemas puderam ser vistos vindo de torcedores de vários clubes diferentes.

A CBF afirmou que o contrato com os russos é de três anos e que o serviço se tornará pago após quatro rodadas, não especificando valores. Os clubes não estão autorizados a transmitirem as partidas por conta própria.

Nos últimos anos, o internauta acostumou-se a assistir a Série D na Eleven Sports, empresa com sede na Suíça, que também transmite as divisões inferiores do Paulistão e outros campeonatos de base, de forma gratuita.

Apesar das constantes reclamações, nem CBF e nem Instat TV se pronunciaram. A empresa russa não possui canais de comunicação em português e tem seu perfil trancado nas redes sociais.

Uma resposta

  1. Alguem da CBF deve estar levando um grande propina pra fazer contrato com essa bosta de streaming

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.