As duas primeiras corridas da etapa de abertura da temporada 2021 aconteceram neste sábado (27), e o brasileiro, agora na equipe Charouz, foi o 11º colocado em ambas após provas bastante movimentadas e também com vários toques

Guilherme Samaia chegou muito perto dos pontos nas duas primeiras corridas que abriram a temporada da Fórmula 2 neste sábado (27) em Sakhir, no Bahrein. O piloto da equipe Charouz foi o 11º colocado nas duas corridas Sprint, de 23 voltas, nas quais os vitoriosos foram o neozelandês Liam Lawson, da Hitech, e o australiano Oscar Piastri, da Prema.

Na sexta-feira (26), o paulistano de 24 anos foi prejudicado por uma bandeira vermelha quando vinha em sua volta mais rápida na tomada de tempos para formação do grid. Quando puderam voltar à pista, o estado dos pneus não permitiu que Guilherme fosse além do 17º lugar – posição que ele larga neste domingo (28) na corrida longa, que começa às 7h40 (de Brasília) com transmissão ao vivo do Bandsports, canal por assinatura que está com sinal aberto neste final de semana.

Sakhir (BAH) Mar 26-28, 2021 – First round of the FIA Formula2 Championship at Bahrain International Circuit. Guilherme Samaia #15 Charouz. © 2021 Diederik van der Laan / Dutch Photo Agency



Samaia estava com os pontos a seu alcance na primeira prova. Em excelente recuperação, ocupava a nona colocação, na qual recebeu a bandeira quadriculada. Entretanto, Guilherme foi punido com a adição de cinco segundos a seu tempo de corrida por excesso de velocidade durante o período do Safety Car Virtual, que obriga os pilotos a reduzirem o ritmo na pista em 35% do normal sem que se faça necessária a intervenção do carro de segurança na pista. Assim, o piloto da Charouz foi classificado como o 11º colocado.

“Foi uma pena, porque a nona colocação me colocaria em segundo no grid invertido da segunda corrida, e a primeira havia sido muito boa. O carro e a equipe me permitiram fazer uma boa recuperação e fiquei feliz com o desempenho”, disse o piloto de 24 anos. O resultado da primeira prova coloca os dez primeiros colocados em ordem inversa no grid da segunda, enquanto o restante obedece a ordem de chegada.

Guilherme fez jus à fama de bom largador e de 11º já estava na oitava posição na chegada à primeira curva. Mas uma batida envolvendo Christian Lundgaard e Dan Ticktum causou uma confusão na saída da curva 1 e Samaia teve de desviar por fora da pista, na área de escape, perdendo várias posições. O brasileiro continuou na caça e se recuperou até chegar, novamente, à 11ª posição – em ambas, foi o brasileiro mais bem classificado nos resultados (Felipe Drugovich, da UNI-Virtuosi foi 16º e 14º, e Gianluca Petecof, da Campos, foi 17º e 13º).

“Foi um dia de altos e baixos. A primeira corrida foi muito boa, mas a punição deixou um gosto meio amargo e a projeção de que a segunda corrida poderia ser excelente caso eu largasse mesmo em segundo. De qualquer forma, a corrida da noite já foi um pouco mais confusa, mas consegui manter um ritmo bom depois de ter me envolvido naquela bagunça da curva 1 que complicou muito a minha corrida. Fizemos o possível hoje”, disse.

O brasileiro diz que ainda há espaço para melhora. “Acho que erramos um pouco no acerto do carro, porque agora já sabemos onde melhorar; entretanto, só tenho a agradecer a equipe por me colocar na briga. Os pontos estavam em nosso campo de visão hoje, bem próximos, mas a coisa não foi muito para o nosso lado hoje, especialmente pelo fato de não termos tido um quali muito suave. No fim das contas, estou contente porque estamos, definitivamente, na briga por pontos”, comentou.

Guilherme larga da 17ª posição neste domingo (28) na corrida que terá 32 voltas e começa às 7h40, no horário de Brasília, com transmissão ao vivo pelo Bandsports.

Confira o calendário 2021 da Fórmula 2:
28 de março: Sakhir, Bahrein
19 a 21 de maio: Monte Carlo, Mônaco
03 a 05 de junho: Baku, Azerbaijão
15 a 17 de julho: Silverstone, Inglaterra
09 a 11 de setembro: Monza, Itália
23 a 25 de setembro: Sóchi, Rússia
02 a 04 de dezembro: Jeddah, Arábia Saudita
09 a 11 de dezembro: Yas Marina, Abu Dhabi

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.