É a primeira vez que uma atleta brasileira vai à disputa por medalhas

A curitibana Bárbara Domingos colocou o Brasil, pela primeira vez na história, em uma final individual geral do Mundial de Ginástica Rítmica.

Na manhã desta quinta-feira (28) , a atleta garantiu presença na final da competição, na cidade de Kitakyushu (Japão) ao totalizar 69,800 nos quatros aparelhos (arco, bola, fita e maças). Bárbara conseguiu o melhor resultado de uma competidora das Américas no evento.

A segunda posição ficou a norte-americana Evita Griskenas (63,000). A final do individual geral está programada para as 2h30 (horário de Brasília), de sábado (30).

“Estou me sentindo muito feliz. Não me caiu a ficha ainda a respeito da importância desse resultado. É tudo muito novo, mas tenho a certeza de que isso é resultado de um trabalho muito intenso nosso. Não só meu, mas de toda uma equipe técnica atrás de mim. Sem eles, com certeza não estaria no nível em que estou hoje. Querendo ou não, estar entre as 18 melhores do mundo….não tem o que dizer!”

disse a ginasta, em depoimento à Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), que ficou em 13º lugar entre 18 classificadas à disputa de medalhas

Outros resultados

Outra brasileira, Ana Luisa Neiva, ficou na 35ª posição na disputa individual do Mundial de Kitakyushu no Japão. A brasiliense, que competiu pela primeira vez em Mundiais, totalizou 60,900 com as seguinte notas: arco (20,900), bola (22,150), maças (17,850) e fita (17,200).

A seleção brasileira de conjunto em Kitakyushu conta com Beatriz Linhares, Bárbara Galvão, Gabriella Coradine, Gabrielle Moraes da Silva, Maria Eduarda Arakaki, Nicole Pírcio e Vitória Guerra.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.