Neste domingo, dia 06 de fevereiro, aconteceu a segunda qualificatória do Ski Freestyle Moguls, no feminino

Sabrina Cass finaliza participação histórica nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022

A segunda prova decidiu as 10 últimas atletas que disputariam a final da modalidade nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022.

Após seu resultado histórico no dia 03 de fevereiro, Sabrina Cass, jovem atleta brasileira que representa o país em Beijing na modalidade, disputou a segunda qualificatória em busca de uma vaga na final.

Com a performance de 62.12 pontos em sua descida, Sabrina fechou a prova na 16ª colocação e finalizou sua participação nos Jogos.

Embora não tenha conquistado a classificação para as finais, a estreante de apenas 19 anos colocou o Brasil no seleto grupo dos 30 melhores atletas do mundo no Ski Freestyle Moguls.

“Eu levo muitas coisas de aprendizado. Acho que fiquei mais nervosa aqui do que nas Copas do Mundo, mas era quase a mesma coisa, porque todas as melhores atletas estão nas duas competições. Eu aprendi que não preciso ficar tão tensa. Já esquiei milhões de vezes, já fiz meus saltos muitas vezes. Então, vou levar isso comigo”, disse Sabrina.

Sua treinadora, a americana Nessa Dziemian, destacou a performance da atleta: “Hoje nós focamos na saídas dos saltos e eu honestamente acredito que a Sabrina melhorou em comparação à última prova, o que é um grande passo na direção certa. Ela esquiou uma das melhores descidas que eu já vi ela esquiar apesar de um pequeno deslize na sessão do meio, o que infelizmente é julgado de forma um pouco mais dura aqui nas Olimpíadas do que em outros eventos e por isso, ela ficou fora do Top 20. Mas em geral, ela está esquiando muito bem, de forma agressiva, e nós estamos em um bom lugar para as futuras Copas do Mundo.”

Sabrina também estabeleceu o melhor resultado na modalidade por um atleta sulamericano, superando o argentino Ignacio Bustamante que, nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1992, finalizou na 30ª colocação.

“Saimos dos Jogos muito satisfeitos com o resultado. Estar entre as 30 melhores atletas do mundo demanda muito trabalho, determinação e foco, e esse foi um passo muito importante para a Sabrina que é uma atleta muito jovem ainda. Ela tem muito potencial e com certeza tem como se desenvolver ainda mais nos próximos ciclos Olímpicos”, comenta Pedro Cavazzoni, CEO & Superintendente Técnico da CBDN.

O pódio final da prova de Freestyle Moguls foi formado pela australiana Jakara Anthony, que conquistou a medalha de ouro. A medalha de prata foi conquistada pela americana Jaelin Kauf, e a medalha de bronze pela russa Anastasia Smirnova.

Manex Silva disputa a prova de Skiathlon em sua estreia em Jogos Olímpicos de Inverno

A prova de Skiathlon foi realizada neste domingo, dia 06 de fevereiro, e contou com a participação de mais 70 atletas Olímpicos, no masculino.

Manex Silva foi o atleta mais novo entre todos a realizar a largada na prova em sua estreia nos Jogos de Beijing 2022, além de ser o primeiro atleta brasileiro a disputar a prova por ter se classificado aos Jogos com o Índice Olímpico A (o que o permite disputar todas as provas individuais na competição).

O jovem atleta terminou a prova na 67ª colocação.

Manex está otimista com as futuras provas que disputará nos Jogos: “Eu ainda tenho 3 provas: o Sprint, a de 15km e a de 50km. Eu tenho mais expectativa pelo Sprint, onde a prova é mais curta, as são diferenças menores e posso me sair melhor. Estou feliz por estar aqui, ter dado meu máximo e ansioso pelo Sprint!”, disse Manex.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.