ESPORTESNET

Que o Covid-19 veio para causar danos irreparáveis preocupando a todos, ceifando vidas e deixando cada vez mais a certeza que devemos continuar em alerta quanto ao perigo que esse invisível inimigo oferece, disso ninguém dúvida

Agora os danos que vem causando no mundo esportivo é extremamente preocupante, em Especial no Futebol onde cresceram assustadoramente o número de lesões musculares atingindo em cheio os clubes brasileiros e mundo afora.

Antes da Pandemia, o número de contusões musculares que sempre foi um fator preocupante, geralmente se dava no início de temporada devido a inatividade dos atletas que gozavam suas férias sem os devidos cuidados com alimentações balanceadas e principalmente com o físico que ficam ” travados ” na volta e quando exigidos maiores esforços, acabam estourando musculaturas.

Com a chegada da doença e a interminável Pandemia ainda que amenizada com imunização constante de vacinas aplicadas, o que se vê é a incidência de grande número de contusões musculares ocorrendo, deixando clubes e atletas preocupados.

Estudos comprovam que realmente o corpo fica debilitado ainda que a pessoa tenha se recuperado após ter contraído o Vírus e se recuperado da doença levando algum tempo ou até ficando com pequenas seqüelas com o olfato e paladar sendo os órgãos mais atingidos.

Já para alguns Atletas Profissionais onde não são raros os casos de alguns terem contraído o Vírus por duas vezes ainda que vacinados, a exigência física fica comprometida e constantes contusões tem aparecido.

Alguns nem sentem a doença ainda que infectados, mas a grande maioria sofre uma barbaridade e no Futebol o alto índice de contaminados é alarmante.

Volta e meia vemos nos grandes clubes, Jogadores e Comissões Técnicas afastados se recuperando e desfalcando seus clubes.

Pior é que não dá para se ter um controle 100% de vigilância constante sobre um grupo variado entre jogadores, Comissões Técnica, Dirigentes, Seguranças e Funcionários diversos transitando de casa para o trabalho tendo todos que ficar expostos e suscetíveis ao vírus e a doença que chegou e não tem hora para ir embora infelizmente.

Só nos resta a Prevenção com máscaras de proteção, higienização com álcool em gel e claro imunização constante de vacinas aplicadas periodicamente conforme determinação dos órgãos de Saúde.
Aos Atletas, tudo isso e torcer para que termine logo esse período angustiante, torcendo para que as contusões não os prejudiquem.

Fica aqui a nossa torcida e desejo de Saúde a todos.

Um forte abraço e até a próxima.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.