ESPORTESNET

Coluna do jornalista Marcelo Lima sobre o futebol nacional

O assunto que vamos tratar Hoje, muito tem a ver com o atual momento que está dividindo opiniões no tocante aos clubes dentro do cenário futebolístico Nacional, onde o achatado calendário e a necessidade em disputar vários torneios simultaneamente tem deixado alguns preocupados e muitos irritados com os tais ” Times Alternativos ” que os treinadores se veem obrigados a mandar a campo conforme a necessidade e interesse do clube em determinada Competição.

Até o final de Outubro e antes da metade de Novembro todas as competições terão que ser finalizadas por conta da Copa do Mundo no QATAR e essa aceleração do Calendário tem feito com que alguns clubes joguem constantemente fazendo os atletas sofrerem com desgastes físicos tendo assim que fazer um intenso rodízio onde a qualidade técnica cai assustadoramente.

A rodada passada do Campeonato Brasileiro da Série A ficou marcada pelo grande número de jogadores atuando por seus clubes, sem que o torcedor tenha sua predileção e isso é notório com a insatisfação de quem paga um valor alto, pra assistir seu time jogando em alto padrão e o que entregam é um produto de baixa qualidade com a técnica sendo muito questionada.

Times como Corinthians e São Paulo por exemplo assim como aconteceu com o Fortaleza, América MG e Atlhetico PR que tem elencos reduzidos, diferente de Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG que tem elencos abastados, sofreram e sofrem muito já que em nada se parecem com os chamados times Titulares aos tais ” Alternativos ” onde o empobrecimento do Futebol apresentado fica evidenciado através dos números apresentados.

Ver o Corinthians alternativo jogar é de doer os olhos assim como o São Paulo onde Vitor Pereira e Rogério Ceni ficam sem opções já que o que lhes entregaram não supre a demanda da necessidade exigida e daí…

Enquanto isso, esses times vão se agarrando ao que podem fazendo das tripas coração e dando ao torcedor o máximo que em relação aos fortes adversários, é muito pouco em termos de esperança de conquistas de grande porte como Brasileirão, Libertadores e a possibilidade em disputa de Mundial de Clubes.

Pobre torcedor que compra Gato por Lebre ainda que o termo comparativo seja usado apenas como Ditado Popular, onde os pobres animaizinhos em nada tem a ver com a história e muito menos com a bagunça que criaram no Futebol Brasileiro que é uma verdadeira bagunça em termos de Organização.
Ainda assim, vamos tocando essa M….

Um forte abraço e até a próxima.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.