ESPORTESNET

Destino do piloto, campeão da Fórmula E, ainda não foi anunciado

O piloto Lucas Di Grassi anunciou nesta terça-feira (26) a sua saída da equipe Mahindra Racing. Campeão da terceira temporada do Campeonato Mundial ABB FIA de Fórmula E, o brasileiro chegou à equipe indiana para a disputa da temporada 2023, a primeira da categoria com o GEN3, o novo monoposto da competição. Um novo anúncio, informando os planos de continuidade de carreira do brasileiro, será realizado em breve.

Ao todo, foram 16 provas disputadas pela equipe Mahindra na temporada, nas quais Lucas foi responsável pela conquista de 78% dos pontos do time no Mundial. A Mahindra terminou o campeonato na 10ª posição, com 41 pontos, com Lucas registrando 32 deles.

Desde o início do Campeonato, Di Grassi chamou a atenção para os desafios enfrentados pelo time indiano. Mesmo assim o brasileiro ainda conquistou uma pole position e um terceiro lugar, justamente na corrida de estreia pela Mahindra, no E-Prix da Cidade do México.

Lucas, no entanto, alertou que apesar do resultado o time ainda estava muito defasado em termos de desenvolvimento com o novo carro – o que ficou comprovado pelas dificuldades e desempenho nas demais etapas.

“Quero expressar minha gratidão a todos os membros da equipe pela experiência que compartilhamos nesse ano desafiador. Essa decisão beneficiará ambas as partes, com nossas perspectivas e visões divergindo. Desejo à equipe o futuro mais brilhante”

declarou Di Grassi no comunicado divulgado nas redes sociais do piloto e da equipe indiana
Di Grassi ao volante do modelo M9Electro, da Mahindra
(Spacesuit Media/Lou Johnson)

Recordes

Lucas Di Grassi é um dos principais pilotos da história da Fórmula E. Além da conquista do título de campeão, na terceira temporada (2017), o brasileiro foi vice-campeão duas vezes (2016 e 2018) e terceiro colocado em mais duas temporadas (2015 e 2019).

Entre outros recordes na Fórmula E, Di Grassi é o detentor do maior número de vitórias (13) e pódios (40), além de ser o único piloto do grid com mais de 1000 pontos na história do Mundial (1041).

A 10ª temporada da Fórmula E terá início apenas em janeiro de 2024, na Cidade do México, mas equipes e pilotos já se reúnem no próximo mês em Valência, para os testes de pré-temporada que serão realizados no Circuito Ricardo Tormo, entre os dias 23 e 26 de outubro.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.