Leston Júnior não permanece no tricolor

Foto: GE

Mesmo após conseguir sua primeira vitória na Série D de forma heroica – um 3 a 2 de virada contra o Atlético-BA – o treinador Leston Júnior foi demitido após contextar salários atrasados e faltas de condições de trabalho, escancarando crise interna no clube.

Segundo Leston, além de salários, os setores de treinamento e até de alimentação estão comprometidos e largados pelo Santa. Além disso, o agora ex-treinador da equipe afirma ter sido ameaçado de morte por membros de uma torcida organizada.

O comunicado foi feito pelo comandante em entrevista coletiva ao lado de todo o elenco coral, que chancelou as falas do profissional.

No entanto, poucas horas após o ocorrido, a direção do Santa Cruz anunciou a demissão de Leston Júnior, juntamente com Marcelo Segurado, um dos membros da diretoria do clube pernambucano.

Para o lugar de Júnior, o retorno de Marcelo Martelotte já foi anunciado.

Em publicação do Santa nas redes sociais, os próprios jogadores afirmaram estarem juntos com Leston, e ameaçaram deixar o Santa Cruz caso a decisão seja mantida.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.