ESPORTESNET

Equipe Cavaleiro Sports conquistou as duas vitórias no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Título pode ser definido neste domingo, a partir das 8h50

A penúltima etapa da temporada 2022 do BRB Fórmula 4 Brasil Credenciado pela FIA foi aberta neste sábado (5) com duas provas no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.

Realizada pela manhã, a Corrida 1 foi marcada pela grande vitória de Felipe Barrichello Bartz, sobrinho de Rubens Barrichello, que triunfou pela primeira vez na categoria.

Já no período da tarde foi a vez de Nicolas Giaffone, filho do comentarista e piloto Felipe Giaffone, que faturou a segunda vitória da Cavaleiro Sports no mesmo dia.

Foi também a terceira vez que Nicolas escalou o topo do pódio, sendo o único piloto até agora a vencer em todas as três pistas que já receberam o campeonato: Velocitta, Interlagos e Goiânia.

Com um segundo e um nono lugares, o brasiliense Pedro Clerot praticamente colocou a mão na taça e pode sair campeão de Goiânia neste domingo, quando será disputada a terceira e última corrida da quinta etapa do campeonato.

Para ser campeão independentemente do resultado dos rivais, Clerot, que largará em segundo, precisa apenas chegar na frente de Lucas Staico, segundo colocado na tabela e único com chance de tomar-lhe o título.

Outra opção é finalizar em 2º, desde que Staico não vença e faça a volta mais rápida da corrida. Outras combinações de resultado também podem dar o título ao brasiliense.

Também com diversas possibilidades de resultado, Staico, de seu lado, precisa marcar oito pontos a mais que Clerot para adiar a disputa pelo título para a etapa final, em Interlagos, nos dias 10 e 11 de dezembro.

A primeira prova da etapa goiana foi bastante animada, com muitas ultrapassagens e disputas por posição. Logo na largada, Vinícius Tessaro superou o pole, mas ‘Pipe’ Barrichello Bartz deu o troco no goiano por fora no Curvão, retomando a liderança.

A corrida teve a intervenção do safety-car e depois foi interrompida em razão do incidente envolvendo João Tesser e Álvaro Cho. Quando a prova foi retomada, com nova largada, Clerot lutou pelo primeiro lugar com Barrichello Bartz, que se defendeu de forma aguerrida e manteve a dianteira.

Lado a lado – Outro grande momento foi a batalha a três envolvendo Lucas Staico, Ricardo Gracia e Vinícius Tessaro. Os pilotos andaram lado a lado, e Staico levou a melhor, conseguindo subir de quinto para terceiro com a belíssima manobra. O mineiro garantiu mais um pódio, terminando apenas atrás de Pedro Clerot — que terminou a corrida com o radiador do carro furado — e do vencedor, Felipe Barrichello Bartz, que alcançou seu primeiro triunfo na categoria e concluiu a Corrida 1 conquistando o ponto extra pela volta mais rápida.

“Surreal! Estou muito feliz, não dá para acreditar. Estava com medo de errar, por isso não fui tão rápido no começo. Acabei cometendo um erro na largada, depois errei após a bandeira vermelha [em disputa] com o Clerot. Um monte de coisa tornou minha vida mais difícil, mas lutei, não desisti e deu tudo certo”, sorriu o mais novo vencedor do BRB Fórmula 4 Brasil.

A segunda prova do dia foi vencida por Nicolas Giaffone. O piloto largou em quarto com o carro #31, obedecendo à regra do grid invertido em relação aos oito primeiros colocados da Corrida 1, e logo se colocou à frente para consolidar um sábado dourado para a Cavaleiro Sports.

Mais disputas – Representante da KTF Sports, Luan Lopes cruzou a linha de chegada em segundo, marcando seu segundo top-3 em 2022, enquanto Vinícius Tessaro fez a ultrapassagem em cima de Felipe Barrichello Bartz no finalzinho para terminar em terceiro lugar. Tanto Nicolas como Luan aceleram no mesmo fim de semana e na mesma pista em que seus pais, Luiz Lopes e Felipe Giaffone, respectivamente, competem na etapa decisiva da Copa Truck.

Nicolas se mostrou surpreso pela quantidade de vitórias nesta temporada.

“Acho que calhou de eu cair em uma equipe que trouxe entrosamento e um trabalho duro e espetacular. Um time que não se contentou e foi atrás de melhorar, e eu também fui atrás para melhorar minha guiada, evoluir como piloto e como atleta. E esse esforço está rendendo frutos, estamos conseguindo mostrar a que viemos. Com certeza, não esperava. Vencer em Goiânia era a pecinha que faltava para fechar bem o ano”, comemorou.

Revés para os líderes — Enquanto a Corrida 1 foi positiva para Pedro Clerot e Lucas Staico, que terminaram em segundo e terceiro, respectivamente, a segunda prova do dia rendeu um relativo revés para os dois, que não pontuaram.

Desta forma, Clerot fechou o sábado em posição muito confortável para sacramentar a conquista do título no domingo. Neste momento, o líder do campeonato soma 241 pontos, que viram 240 com o descarte dos dois piores resultados obtidos pelo piloto da Full Time Sports até agora. Em contrapartida, Lucas Staico fica com 163. Sem resultados a descartar, o mineiro está a 77 pontos de Clerot no campeonato.

“A estratégia é tentar finalizar com esses 77 pontos de vantagem. Não quero fazer nada de errado e jogar o campeonato fora. Amanhã, largando com pneus novos, tenho uma boa chance”, disse Pedro.
A quinta rodada tripla do campeonato será concluída na manhã deste domingo com a Corrida 3, com duração de 25 minutos mais uma volta. Novamente, ‘Pipe’ Barrichello Bartz vai partir da pole position. A prova tem largada prevista para 8h50 (horário de Brasília). Em seguida, o cronograma em Goiânia contará com a visitação aos boxes pelo público, além de duas corridas da nona etapa do GT Sprint Race e a decisão do título da Copa Truck.

O BRB Fórmula 4 Brasil é transmitido ao vivo pelo BandSports, canal oficial da categoria no YouTube e Twitch da Tribo do Gaules e Twitch do streamer Victor Ludgero.


BRB Fórmula 4 Brasil, etapa 5, Goiânia, Corrida 1:

1º – Felipe Barrichello Bartz (Cavaleiro Sports), 17 voltas em 26min44s862
2º – Pedro Clerot (Full Time Sports), a 1s915
3º – Lucas Staico (TMG Racing), a 7s682
4º – Fernando Barrichello (Full Time Sports), a 10s500
5º – Nicolas Giaffone (Cavaleiro Sports), a 12s607
6º – Luan Lopes (KTF Sports), a 14s186
7º – Richard Annunziata (KTF Sports), a 15s578
8º – Lucca Zucchini (TMG Racing), a 16s429
9º – Arthur Pavie (TMG Racing), a 22s190
10º – Ricardo Gracia (Full Time Sports), a 27s826
11º – Nelson Neto (Full Time Sports), a 29s783
12º – Nicholas Monteiro (TMG Racing), a 1min10s371
13º – Vinícius Tessaro (Cavaleiro Sports), a 1 volta

Não completaram
Álvaro Cho (KTF Sports), a 15 voltas
João Tesser (Cavaleiro Sports), desclassificado

Corrida 2:

1º – Nicolas Giaffone (Cavaleiro Sports), 14 voltas em 20min13s754
2º – Luan Lopes (KTF Sports), a 3s626
3º – Vinícius Tessaro (Cavaleiro Sports), a 4s849
4º – Felipe Bartz (Cavaleiro Sports), a 5s683
5º – Fernando Barrichello (Full Time Sports), a 6s127
6º – Richard Annunziata (KTF Sports), a 6s647
7º – Lucca Zucchini (TMG Racing), a 7s335
8º – Álvaro Cho (KTF Sports), a 7s895
9º – Pedro Clerot (Full Time Sports), a 11s803
10º – Nelson Neto (Full Time Sports), a 12s065
11º – Ricardo Gracia (Full Time Sports), a 12s553
12º – Nicholas Monteiro (TMG Racing), a 13s839
13º – Arthur Pavie (TMG Racing), a 14s560
14º – João Tesser (Cavaleiro Sports), a 17s516

Não completou
Lucas Staico (TMG Racing), a 8 voltas
*Resultados extraoficiais

Pontuação do campeonato:
1º – Pedro Clerot, 241 pontos (240 com descartes)
2º – Lucas Staico, 163
3º – Vinícius Tessaro, 115
4º – Nicolas Giaffone, 108
5º – Fernando Barrichello, 100
6º – Luan Lopes, 88
7º – Felipe Barrichello Bartz, 86
8º – Ricardo Gracia, 81
9º – Nicholas Monteiro, 72
10º – Richard Annunziata, 45
11º – Nelson Neto, 32
12º – Álvaro Cho, 26
13º – Lucca Zucchini, 21
14º – Victor Backes, 19
15º – João Tesser, 16
16ª – Aurélia Nobels, 7
17º – Arthur Pavie, 2
*Pontuação extraoficial

Programação em Goiânia
Domingo, 6 de novembro
08h00 – GT Sprint Race – Warm Up
08h15 – Copa Truck – Warm Up
08h50 – BRB Fórmula 4 Brasil – Corrida 3 (25 minutos + 1 volta)
09h30 – Visitação aos boxes (passes de visitação, camarotes e paddock)
10h00 – Show Jorge Negretti
10h00 – Desfile de Motos
10h45 – GT Sprint Race – Corrida 2 (23 minutos + 1 volta)
11h40 – Copa Truck – Corrida 1 (25 minutos + 1 volta)
12h15 – Copa Truck – Corrida 2 (20 minutos + 1 volta)
13h50 – GT Sprint Race – Corrida 3 (23 minutos + 1 volta)

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.