A nova aposta do Fla, após fracasso com Dome

Treinador catalão Domènec Torrent se despedirá nesta terça-feira (10) do elenco no Rio de Janeiro. Em entrevista assumiu precoce seu desligamento, mas estar tranquilo e entender o momento, apenas lamentou a passagem sem a presença da torcida carioca no Maracanã.
Foram 63,8 de aproveitamento durante os 26 jogos que Domènec esteve à frente do comando do Flamengo.

O histórico do treinador quando anunciado gerou expectativa em cima principalmente do trabalho comandado pela comissão técnica de Pep Guardiola, que fez parte. O fantasma de Jorge Jesus ainda presente nos bastidores do Ninho do Urubu deixava muitos comparativos entre as performances.

Após a goleada de 4×0 do time mineiro na noite do domingo (8), e levando em consideração as últimas derrotas com placares elástico, sua postura pós derrota onde jogadores relataram que não havia nenhuma atividade ou conversa que corrigisse os erros cometidos anteriormente, sua saída não seria revertida.

Pior defesa do Campeonato Brasileiro sofrido 10 gols nos últimos 3 jogos, apenas atrás do Goiás, foram determinantes para a decisão da diretoria do Flamengo, que logo deu ínicio a proposta que trará Rogério Ceni anunciado até o fim de 2021 no comando técnico da equipe.

A pedido do ex-técnico do Fortaleza, a decisão de sua saída não poderia ser forçada. Depois da reunião com jogadores e dirigentes, Rogério esteve com Marcelo Paz presidente do Leão, que apesar de hoje pela manhã ter afirmado ao GE não ter sido procurado por nenhum dirigente do clube para informar que pretendia engatilhar a negociação, e de que Rogério errou em afirmar que permaneceria até o final da temporada, confirmou os boatos de que sua despedida em Salvador foi leve e sem torta de climão, rompimentos e sim acordo de contrato, com sentimento de gratidão pelo treinador.

Hoje foi oficializada a contratação, sem valores revelados por ambas as partes, Rogério embarcou pela manhã no aeroporto Santos Dumont. Os acertos pela multa rescisória de R$ 960 mil reais trouxeram o auxiliar francês Charles Hembert e preparador físico Danilo Augusto , a informação é de que eles já estreiam no banco durante a partida de quarta-feira para enfrentar o São Paulo no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Grife e grande chance da carreira

Sua história como atleta e treinador deixam o termômetro quente para a solução do Flamengo e dos problemas que os técnicos no Brasil enfrentam no ano mais atípico do futebol pós- pandemia.

Não parece ter pesado na balança a pequena fama que seu nome carrega de treinador que não termina trabalhos, inclusive o próprio técnico cedeu em entrevista recente para o Bem Amigos, seu plano de cumprir contrato no Fortaleza independente de qualquer coisa. Pelo contrário, há muitas expectativas com a entrega que fará o Flamengo ao seu novo técnico, alinhada a sua metodologia que tem agradado, e o aponta como o mais promissor no quadro dos novos técnicos do País.

Segundo fontes a tendência é de fortes emoções nos bastidores, jogadores que encaram o treinador como grande ídolo do futebol Brasileiro. Além do que ele permitiu que fosse visto durante sua passagem no São Paulo, e comandando o Fortaleza, determinação, opções nos modelos de jogo ofensivo mesmo com muitas limitações de material, e vontade de ganhar, o que parece ser o que o elenco carioca precisa no momento para alcançar seu objetivo de campeonato.

Ceni deixa o Fortaleza, cravado no mapa do futebol Brasileiro campeão da série B 2018, bicampeão Cearense 2019 e 2020, e campeão do Nordeste em 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.