ESPORTESNET

Emissora estrangeira conheceu o Centro de Convivência do Laguna e o Clube Atlético de Taboão da Serra (CATS)

Em ano de Copa do Mundo, os olhares sempre se voltam para a Seleção Brasileira, a maior vencedora de copas da história. Sabendo da junção de sucesso entre o Brasil e o futebol, a CGNT America, uma emissora chinesa, veio a Taboão da Serra para entender como surge o talento verde-amarelo em campo.

Foram entrevistados João Victor dos Santos, de nove anos, que treina no Centro de Convivência do Laguna e sonha em ser jogador de futebol, além de Luan Sewaybricker, de 12, que começou treinando em escolinhas da Prefeitura e hoje joga no CATS, um dos maiores times locais.

O canal de televisão credita o sucesso do futebol brasileiro ao acesso fácil que jovens de várias idades têm ao esporte. Em Taboão da Serra, isso se deve à Secretaria de Esportes e Lazer (SEMEL), que democratiza diversas práticas do gênero.

De acordo com o secretário da SEMEL, Olívio Nóbrega, a promoção do esporte gratuito e de qualidade é uma preocupação do Governo Municipal. “Trabalhamos para permitir que as práticas esportivas façam parte da realidade dos taboanenses, através da reforma de campos e quadras, sem contar a criação de campeonatos amadores”.

Além disso, a reportagem fala da grande concorrência enfrentada pelos jovens que sonham em seguir a carreira que deu visibilidade mundial a craques brasileiros como Pelé, Marta e Neymar.

O prefeito Aprígio afirma que o incentivo é essencial para que mais exemplos como os dos jogadores se tornem realidade . “Temos meninos e meninas muito talentosos em Taboão da Serra que com certeza vão ter carreiras de sucesso no ramo esportivo, em parte graças ao apoio municipal”.

A entrevista completa pode ser vista pelo link https://america.cgtn.com/2022/11/21/social-program-provides-football-training-for-brazilian-youth

Por Suelyton Viana, sob supervisão de Vera Sampaio

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.