ESPORTESNET

Clube saiu vitorioso, nos pênaltis, contra o Clementino

Rolou neste domingo, 14 de gosto, dia dos pais a tão esperada final do Cinquentão de Taboão da Serra, como é carinhosamente chamado.

 O público comparecei em peso, no campo do Vila Iasi, para  prestigiar a grande final. Se fora das quatro linhas o clima estava ameno e gostoso, dentro, estava pegando fogo. Jogo muito truncado, nenhum dos times estava se arriscando. Muitas faltas e poucas chance para cada lado. 

Aos 18 minutos do primeiro tempo, camisa 11 Adilson abre o placar para o Atlântico

Mesmo tendo maior posse de bola, Clementino não conseguiu finalizar, finalizando o primeiro tempo em 1×0 para o Atlântico.

Aos 3 minutos do segundo tempo, camisa 17 Flavio marca o segundo do Atlântico.

Logo depois, aos 6 minutos, camisa 6, Manoel marca para o Clementino.

Aos 15 minutos, camisa 9, Ebenezer, Clementino marca e empata o jogo. 

Como não existe prorrogação, direto para os pênaltis.

Clementino abre a série de cobranças com o camisa 14 Gilvan, porém o goleiro Klaus faz uma linda defesa.

Atlântico também perde a primeira cobrança acertando a trave com o camisa 21, Cícero.

Natanael, camisa 10 do Clementino tentou, mas o goleiro  Klaus faz outra linda defesa.

O camisa 10 do Atlântico, Rubens, fez o feijão com arroz e marcou o gol.

Clementino marca com o camisa 3, José Oliveira.

Atlântica com o camisa 18, Jorge marca belo gol.

Pressão para o Clementino, camisa 8, William tenta, mas goleirão Klaus defende novamente.

Antonio Silva, camisa 8 do Atlântico faz e sacramenta a vitória.

Os destaques do jogo foram, pelo lado do Atlântico o goleiro Klaus que fez diversas defesas e garantiu a vitória. E pelo lado do Clementino, camisa 14, Gilvan, que mesmo perdendo um pênalti foi um grande xerife no meio de campo, ajudando muito a defesa e participando ativamente nos ataques.

Por Elton Brazza

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.