O procurador-geral da República, Augusto Aras, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Luiz Fux e o vice-presidente nas Américas da Interpol, Valdecy Urquiza, estão entre os principais palestrantes do XXIV Congresso Nacional do Ministério Público, que será realizado em Fortaleza, de 23 a 26 de março, no Centro de Eventos do Ceará.

O evento também terá atrações musicais de destaque. Na abertura, a apresentação será do trio Waldonys, Xand Avião e Fagner. No encerramento, a animação ficará a cargo de Chambinho e Bell Marques.

Outras personalidades jurídicas estão confirmadas no Congresso, que tem a Associação Cearense do Ministério Público (ACMP) como organizadora. São eles: Vladimir Aras, procurador regional da República em Brasília; Lívia Sant’Anna Vaz, promotora de justiça do Ministério Público do Estado da Bahia; e Renata Gil de Alcântara Videira, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros.

O presidente do Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público), Manoel Murrieta, conselheiros do Conselho Nacional do Ministério Público, procuradores-gerais de todos os Estados e presidentes das Associações do Ministério Público de todo o Brasil também estarão presentes.

Um dos mais importantes eventos do segmento jurídico brasileiro, o Congresso volta a ser realizado na capital cearense após 24 anos e terá como tema central “Os desafios do Ministério Público no cenário pós-pandemia”. Dentro do Congresso, também vai ser realizado o I Encontro dos Aposentados e Pensionistas do Ministério Público, atendendo a uma importante demanda da categoria.

“Estamos orgulhosos por recebermos e organizarmos um evento tão grandioso para o Ministério Público brasileiro, quando teremos a oportunidade de discutir uma temática importante e urgente para a sociedade”, afirma Herbet Gonçalves Santos, presidente da ACMP.