Curitiba recebe, de 17 de março a 14 e abril, o Programa Educativo Cultural Artístico – Robótica nas Escolas, que vai levar a temática da importância da reciclagem do lixo doméstico para alunos entre 6 e 14 anos, e professores das escolas públicas de ensino e ainda, estimular a criatividade através de oficinas onde os jovens vão aprender a criar robôs a partir de sucatas. 

O projeto, cuja base é a transformação social através do conhecimento, é uma iniciativa do Grupo Barigüi e do Instituto Barigüi em parceria com a NITCS Projetos. “Somos movidos pelo futuro e as crianças fazem parte do que esperamos para o futuro do Brasil. Por isso, decidimos apoiar o projeto Robótica nas Escolas, que une questões relacionadas ao meio ambiente e à tecnologia por meio da prática pedagógica envolvendo crianças e adolescentes na ação de construir protótipos com materiais recicláveis. Com isso, contribuímos para que estes jovens sejam protagonistas do futuro do meio ambiente por meio da separação e reaproveitamento de resíduos”, diz Carla Bordin, responsável pelas ações do Instituto Barigüi. 

O lixo já se transformou em um grande problema social e ambiental, e nesse sentido, o projeto pretende, de forma criativa, conscientizar alunos e professores da rede pública de ensino de Curitiba sobre a importância da reciclagem e, ainda, como é possível transformar o lixo doméstico numa riqueza capaz de impactar positivamente toda uma comunidade: “Nossa ideia com esse projeto é apresentar aos estudantes noções sobre descarte e reciclagem de lixo, física e elétrica; e como podem construir protótipos que beneficiem a comunidade, e alinhados com o desenvolvimento sustentável”, afirma Abílio Martins, diretor operacional Ecotransforma Produções.

Com base nos Objetivos Sustentáveis levantados pela ONU e alinhado com a preocupação do Grupo Barigüi em promover atividades ligadas aos indicadores ESG (Environmental – Meio Ambiente, Social e Governance – Governança empresarial), a grade do projeto Programa Educativo Cultural Artístico – Robótica nas Escolas é composta por 3 oficinas para alunos e 1 workshop para alunos e professores.

O Objetivo do Programa Educativo Cultural Artístico – Robótica nas Escolas é de realizar intercâmbios e incentivar processos criativos da arte nas cidades percorridas, fomentando a atividade artística e mobilizando a comunidade local (alunos e professores) e vai trabalhar, prioritariamente, 4 dos 17 Objetivos Sustentáveis levantados pela ONU, que são: Educação de Qualidade, Indústria, Inovação e Infraestrutura, Consumo e Produção Sustentáveis e Parcerias e Meios de Implementação. 

A primeira oficina, intitulada “Sucata – Coleta e Reciclagem”, iniciará as atividades conscientizando os alunos sobre o destino do lixo que hoje é descartado. 

A partir daí serão oferecidas oficinas sobre física e elétrica que vão auxiliá-los no desenvolvimento de protótipos de robótica produzidos com lixo. Todos os participantes receberão um kit de robótica que será distribuído através da Secretaria de Educação do município com sucatas de eletrônicos como fios, ventoinhas, bateria 9V e motores. Eles irão aprender como integrar materiais reciclados com motores e elétrica para construir protótipos e durante a execução serão utilizados resíduos domésticos. Depois do conhecimento teórico, os alunos irão para a prática onde serão estimulados a pensar de forma criativa sobre quais criações poderiam ser transformadoras para a comunidade.

A última edição do Robótica nas Escolas foi realizada em 2020 em quatro cidades brasileiras em três diferentes estados, 121 escolas participaram gerando um impacto direto em cerca de 3700 pessoas entre alunos, familiares e amigos. Foram entregues 900 kits de robótica e 131 projetos foram apresentados na biblioteca de robôs. 

O Programa Educativo Cultural Artístico Robótica nas Escolas é uma realização da Ecotransforma Produções Artísticas, com patrocínio do Grupo Barigüi através do Instituto Barigüi e apoio da Secretaria de Educação de Curitiba e todas as informações estão disponíveis no site: www.ntics.com.br/programaeducativocultural

A Ecotransforma é uma produtora cultural que atua há mais de 10 anos com projetos e a NTICS Projetos é a organizadora oficial do Programa Educativo Cultural Artístico Robótica nas Escolas. A NTICS Projetos completa 20 anos de trabalhos ininterruptos na criação e implementação de projetos e soluções inovadoras. Ao todo já foram realizados mais de mil projetos com impacto direto em cerca de 11 milhões de pessoas. O objetivo com o ODS 4 (Educação de qualidade) é, até 2025, impactar mais 3,7 milhões de jovens e adolescentes, o que corresponde a 10% dos alunos matriculados no ensino público do Brasil. 

O Grupo Barigüi está há mais de 25 anos de mercado de revenda de automóveis e caminhões do Sul do Brasil. Há 15 anos, criou o Instituto Barigüi, que desenvolve programas gratuitos de educação profissional para jovens e pessoas com deficiência e realiza investimentos em processos de gestão ambiental. Além disso, criou o Banco Bari e a Barigüi Locadora, que oferece carros por assinatura e gestão de frotas.