Inovação e sustentabilidade serão os destaques da Supergasbras durante a 35ª edição do Congresso da Associação Ibero-Americana de Gás Liquefeito de Petróleo (AIGLP). Maior evento da América Latina em GLP, o encontro acontecerá entre os dias 23 e 25 de março, no Rio de Janeiro. A expectativa é reunir uma média de 600 visitantes por dia que poderão visitar também a Feira do Gás com 48 fornecedores do setor de várias partes do mundo.

Patrocinadora do evento, a Supergabras terá um estande dedicado ao desempenho de sua unidade Qualival, especializada em requalificação de botijões de Gás LP (inspeções e reparos nos vasilhames). Evandro Carlos Zamboni, gerente de Unidade de negócios da Qualival, usará o espaço para apresentar a tecnologia empregada no reparo de vasilhames e o processo para desamassar botijões. Antes do desenvolvimento da técnica, os recipientes danificados eram descartados. Com a inovação, houve redução de 18% para 5% no número de botijões inutilizados por ano.

“A Supergasbras tem um processo de requalificação eficiente e requalifica aproximadamente 1 milhão de botijões por ano. Muitos países ainda não têm uma estrutura como a nossa, o que desperta bastante interesse dos visitantes”, exemplifica Evandro.

Gestores e gestoras da empresa participarão ainda de debates em torno de temas de interesse na área reservada às plenárias. Ricardo Tonietto, diretor de Relações Institucionais e Contratos da Supergasbras e presidente da Associação Ibero-Americana de Gás Liquefeito de Petróleo, explica que serão abordados assuntos como infraestrutura primária, competição e a regulação brasileira, modelo para o mundo.

“Vamos debater questões atuais como o vale gás e os avanços da regulamentação brasileira, criada para garantir ao consumidor um excelente serviço e que preserva a segurança ao longo de toda a cadeia, tudo em benefício do consumidor”, pontua Tonietto.

O Congresso

A 35ª edição do Congresso da AIGLP terá a presença de grandes nomes do setor como o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Rodolfo Henrique Saboia, e a diretora de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Heloisa Borges. Integram ainda as mesas de debate o presidente da Associação e diretor de Relações Institucionais na Supergasbrás, Ricardo Tonietto, e o presidente do Sindigás, Sergio Bandeira de Mello, entre outros convidados

O evento será dividido em cinco blocos temáticos: Rivalidade x Concentração – Mitos e verdades no setor de GLP; Consumidor final no centro das atenções; O mercado de GLP pós-Covid-19; Programas sociais: capacidade fiscal dos países; e Infraestrutura de Abastecimento Primário – Desafios para os próximos anos.

O objetivo do Congresso é promover o debate sobre o setor de GLP na América Latina, apresentar as últimas novidades nas áreas técnico-operacional, regulatória e de mercado, entre outras. Profissionais de diversas empresas e órgãos governamentais do Brasil e de outros 27 países participam do encontro. Entre eles, México, Turquia, Peru, Argentina, Itália, EUA, Noruega, Índia, Portugal, China, Tailândia, Espanha, Austrália e Israel.

Nos dias 24 e 25 de março, acontecerá o Energia Excepcional Stage, que consiste em um evento técnico para promover o intercâmbio de inovações tecnológicas na indústria de GLP. Este evento que é realizado dentro da feira de exposições tem como público participante expositores, visitantes da Feira de GLP e gestores técnicos de empresas do setor.

Para se inscrever e saber mais sobre o 35º Congresso da AIGLP, basta acessar o link: aiglp.org/aiglp2022/