O brasileiro tem dado mais atenção à qualidade de vida, incorporando a prática esportiva em sua rotina diária. Um estudo sobre os hábitos dos moradores da região de Campinas, realizado em 2021 pela Kantar Ibope Media revela que 42% das pessoas praticam esportes pelo menos uma vez por semana, 48% se interessam por programas e eventos relacionados ao esporte e 84% pagariam qualquer preço por sua saúde.

Os dados comprovam a alta procura dos campineiros pelo esporte, especialmente o Beach Tennis, modalidade que já conta com mais de 50 mil praticantes e elevou a cidade a uma das mais importantes e uma das potências no cenário nacional, não apenas quanto ao número de adeptos, mas também como polo de revelação de atletas de alto nível.

Somente Campinas possui atualmente mais de 500 quadras espalhadas por arenas, clubes e condomínios fechados. E este número vem crescendo de maneira exponencial a cada ano, atraindo investimentos.

É o caso do Centro de Treinamento Lucas Sousa Beach Tennis Na Quadra, maior arena brasileira localizada em Valinhos, com 40 quadras, inaugurada há menos de dois anos. O CT também é responsável pela área do Clube Cultura, em Campinas, atualmente com 8 quadras, mas em expansão. Em breve, o espaço ganhará outras dez quadrada, totalizando 18.

O CT Lucas Sousa Beach Tennis Na Quadra, em Valinhos, surpreende pelo tamanho, estrutura e imensidão de areia. As quadras estão espalhadas em mais de 25 mil m² de área. O espaço é liderado pelo ex-atleta profissional, coach e empresário Lucas Sousa, pioneiro da modalidade na região e que já esteve entre os 60 melhores jogadores do mundo.

“A região de Campinas, hoje, se destaca muito no cenário nacional do esporte”, afirma Lucas. “No CT, temos praticantes com diferentes propósitos, mas vale ressaltar que muitos encontraram no Beach Tennis uma atividade física extremamente prazerosa e que visa saúde e bem estar”, completa.

Uma das praticantes da nova modalidade, que subiu a serra do mar para virar febre no interior, é Ana Clara Shimizu D’Amato, de 38 anos, advogada, mãe de dois filhos. Ela diz que começou a jogar Beach Tennis para incluir na agenda uma atividade que visa saúde e ainda agrega amizade e momentos de descontração – e de quebra, queima 500 calorias, em média por hora. “A pandemia fez com que eu e minha família intensificasse ainda mais a rotina no Beach Tennis, por ser uma atividade ao ar livre e com pouquíssimo contato físico”, conta.

Ana Clara está entre os 42% que praticam esporte uma vez por semana, segundo o estudo Kantar Ibope Media, de 2021, feito na região de Campinas.