ESPORTESNET

Ter a casa própria é o sonho da maioria dos brasileiros. E, atualmente, o consórcio é a melhor opção para quem quer tirar os planos do papel e adquirir o primeiro imóvel ou iniciar a formação de uma carteira patrimonial. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (ABAC), a modalidade registrou um aumento de 34,9% nas vendas de novas cotas no ano de 2021, comparado com o ano anterior. “Foi um ano muito positivo para o setor. Apesar da crise que se instalou por conta da pandemia, o mercado está aquecido”, afirma José Climério Silva Souza, Diretor-Executivo do Consórcio Nacional Bancorbrás. “As pessoas estão trocando os seus apartamentos de 1 quarto, por um de 2 ou 3, para garantir, por exemplo, um espaço extra para um escritório e também estão em busca por casas”, comenta.

O Consórcio Nacional Bancorbrás está acompanhando essa movimentação do mercado. Em 2021, a empresa registrou um crescimento de 8% no total de cotas ativas, em relação ao ano de 2020. “Recentemente nós lançamos novos grupos de imóveis e percebemos que com o aumento das taxas de juros, mais pessoas passaram a enxergar o consórcio como uma boa opção de investimento, já que nessa modalidade não há a incidência de juros no valor das parcelas”, comenta. “Além disso, é uma forma de o cliente se organizar financeiramente e evitar uma compra por impulso”, aponta o diretor.

José Climério também afirma que a utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da restituição do Imposto de Renda para ofertar lances, complementar o valor da carta de crédito e até quitar as parcelas em aberto são fatores que incentivam os clientes a adquirirem um consórcio. “E essas são apenas algumas das vantagens que a modalidade disponibiliza para os consorciados. O consórcio também oferece condições especiais para compra, construção ou reforma de imóveis residenciais ou comerciais, flexibilidade no pagamento e outros”.

Aposentadoria imobiliária

O consórcio de imóveis também é uma opção, além da previdência privada, e com planos mais rentáveis, para os interessados em investir no mercado imobiliário. Após a contemplação, seja por sorteio ou lance, o consorciado pode colocar o novo imóvel para locação e assim iniciar em um novo grupo de consórcio para criar uma carteira de imóveis.

Como funciona o consórcio?

O consórcio é a união de pessoas, físicas ou jurídicas, que formam uma poupança comum, destinada à aquisição de bens móveis, bens imóveis e serviços, por meio de um autofinanciamento. Reunidos em um grupo, os consorciados passam a contribuir, por prazo determinado, com uma parcela destinada à formação de um fundo comum. O papel da Administradora é comercializar as cotas para as pessoas interessadas no plano, realizar assembleias mensais, entregar os bens, fazer a gestão dos pagamentos, realizar a cobrança dos cotistas inadimplentes, entre outros serviços. Para isso, ela é remunerada por meio de uma taxa de administração, visando fazer face aos seus custos operacionais.