Campinas (SP) 25/8/2021 – Rede Panobianco Academia inaugura dez unidades nos estados de São Paulo e Bahia em setembro

Em 2019, o mercado fitness brasileiro alcançou um faturamento de US$ 2,1 bilhões, o terceiro maior das Américas, atrás somente dos Estados Unidos e Canadá, de acordo com um levantamento da International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA), a associação do setor. Antes da pandemia, eram 35 mil academias em funcionamento no Brasil, só perdendo para os Estados Unidos, e com um total de 9,6 milhões de usuários.

O segmento de academias também sofreu com as restrições de funcionamento e o fechamento de cerca de 20% das unidades. Com a reabertura das atividades, as redes começam a receber de volta o público. E na esteira dessa retomada e a volta das atividades, a Panobianco Academia, da holding PbOne, está acelerando seu projeto de expansão. A rede brasileira fundada em Campinas (SP), atualmente com 75 unidades em operação, vai inaugurar em setembro dez academias – nove no estado de São Paulo e uma na Bahia.

As novas unidades da Panobianco Academia que entram em funcionamento no Estado de São Paulo em setembro ficam em Sorocaba, Praia Grande, Campinas, Hortolândia e cinco na Capital e Grande São Paulo (Osasco, Diadema e Guarulhos). A décima operação será na cidade de Salvador (BA), marcando a chegada da rede naquele estado.

A PbOne, holding que administra a marca, vai abrir ainda neste ano outros 45 unidades no país, com geração de 1,2 mil empregos.

Além do Brasil a Panobianco Academia confirma a abertura de sua primeira unidade na Cidade do México no início de 2022. O plano da empresa prevê a abertura de cinco academias próprias durante o próximo ano como estratégia de expansão da marca por meio de franquias.

A escolha pelo México ocorreu em virtude do potencial do país e pela familiaridade de um dos sócios da empresa com o país, onde trabalhou por seis anos como presidente de uma multinacional.

Website: https://www.panobiancoacademia.com.br/

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.