Tudo sobre a 31ª rodada do Brasileirão

Tudo sobre a 31ª rodada do Brasileirão

Tudo que você precisa saber sobre a rodada deste meio de semana do Brasileirão 2019

Corinthians x Fortaleza (06/11, Itaquera, 19h30)

A equipe agora comandada por Dyego Coelho vem de oito jogos sem vencer, vem totalmente pressionado.

Já a equipe comandada por Rogério Ceni está tentando cada vez mais se afastar da zona de rebaixamento, vem de um empate frustante contra o Atlético Mineiro depois de sair da frente e ficar com um homem a mais em campo.

Atlético Mineiro x Goias (06/11, Mineirão, 20h)

Depois de duas derrotas consecutivas o time dirigido por Vagner Mancini conseguiu um empate heroico contra o Fortaleza jogando fora de casa e com um jogador a menos, está em busca de uma vitória para tentar se afastar da zona de rebaixamento.

Já o Goias vem com uma das melhores campanhas do segundo turno e sonha quem sabe com um G-8 caso o Flamengo conquiste o título da Libertadores desse ano.

Avaí x Santos (06/11, Ressacada, 21h)

O time de Santa Catarina vem de seis derrotas consecutivas e vê suas chances de permanecer na série A diminuir a cada rodada e agora depende de um verdadeiro milagre para escapar da série B em 2020.

Já o time da Vila Belmiro se quiser continuar sonhando com o título não pode deixar escapar os três pontos nesse jogo fora de casa.

Vasco x Palmeiras (06/11, São Januário, 21h30)

A equipe comandada pelo técnico Wanderlei Luxemburgo vem de três jogos sem vitória e só depende de si para escapar do rebaixamento, a questão é.

Será que o time cruz maltino está disposto a ajudar o grande rival Flamengo vencendo um adversário direto do time carioca na disputa pelo título. Já o Palmeiras não pode sonhar em perder esses três pontos no jogo desta quarta se quiser ver sua distancia pro líder diminuir.

Bahia x Chapecoense (06/11, Fonte Nova, 21h30)

A equipe baiana que já sonhou com a Libertadores decepcionou no segundo turno e já vê esse sonho cada vez mais distante.

Já a Chapecoense precisa cada vez mais de uma reação imediata se não quiser jogar a segunda divisão ano que vem.

Athletico Paranaense x Cruzeiro (06/11, Arena da Baixada, 21h30)

Agora sem o técnico Tiago Nunes o furacão tem como objetivo terminar o campeonato em uma posição honrosa mesmo depois do título da Copa do Brasil.

O Cruzeiro pela sua vez que está fora da zona da degola quer se afastar cada vez mais e uma vitória jogando em Curitiba seria essencial para o animo do time e da torcida.

Ceará x Internacional (07/11, Castelão, 19h30)

A equipe cearense se recuperou e abriu distancia da zona de rebaixamento, mas a derrota na última rodada jogando contra o Palmeiras reacendeu o sinal de alerta na equipe comandada por Adilson Batista e uma vitória diante de sua torcida é essencial nas pretensões da equipe.

Já o colorado quer se recuperar da derrota na última rodada contra o seu maior rival, um bom resultado seria excelente na busca do time por uma vaga na próxima Copa Libertadores.

São Paulo x  Fluminense (07/11, Morumbi, 19h30)

Fernando Diniz recebe seus antigos comandados depois de uma excelente partida do tricolor paulista diante da Chapecoense e entram em campo ainda sonhando com uma vaga no G-3 do Brasileirão; enquanto o Fluminense muito pressionado tentar escapar da zona de rebaixamento para tentar diminuir um pouco a crise que o clube vem atravessando.

Botafogo x Flamengo (07/11, Nilton Santos, 20h)

O alvinegro continua descendo pela tabela e já vê a zona de rebaixamento cada vez mais próxima, uma derrota no clássico pode fazer o time terminar a rodada já no Z-4. Já o time comandado por Jorge Jesus dispensa comentários e vem nadando de braçada rumo ao título.

Grêmio x CSA (07/11, Arena do Grêmio, 21h)

O time de Renato Portaluppi se recuperou da goleada sofrida na semifinal da Libertadores e já está próximo de se garantir na competição continental por mais um ano, que seria a quinta edição consecutiva disputada pela equipe gaúcha um recorde na história do clube.

O CSA vem mostrando força para sair da zona de rebaixamento, mas ainda precisa vencer partidas fora de casa para mostrar de uma vez por todas sua reação contra o rebaixamento.