Marí volta ao Brasil e transferência deve ‘melar’

Marí volta ao Brasil e transferência deve ‘melar’

27/01/2020 0 Por Lucas Castro

Condição do negócio gerou entrave nas negociações

O zagueiro espanhol Pablo Marí voltou ao Brasil nessa segunda-feira, 27, após fazer exames médicos no Arsenal, em Londres. Apesar da negociação com o Flamengo ter sido apontada como certa, agora, tudo indica que não acontecerá.

O interesse no zagueiro rubro-negro surpreendeu muita gente e as reações dos torcedores gunners foi diversa.

Negociação repentina

Na última sexta-feira, 24, as redes se movimentaram com a notícia do GloboEsporte, de que Marí estava acertado com os Gunners. Mais tarde, o defensor foi flagrado no Aeroporto do Galeão ao lado de Edu Gaspar, diretor do clube inglês, embarcando para Londres.

Num primeiro momento, a mídia brasileira cravou que o espanhol estava deixando a gávea por 9 milhões de euros (R$ 41 milhões). No entanto, posteriormente a mídia inglesa tomou conhecimento que o interesse do Arsenal era em um empréstimo com opção de compra.

Entrave

Com isso, a negociação parece ter travado nas últimas horas. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, disse em um grupo de whatsapp que o jogador jamais sairá por empréstimo do clube carioca.

Sendo assim, o Arsenal, que esperava fechar negócio com rapidez, já que a janela europeia aproxima-se do fim, viu Marí voltar ao Rio de Janeiro, e a transferência ficar mais difícil.

Melhor assim?

Pablo, tem 26 anos de idade e uma passagem discreta pelo futebol europeu. Foi jogador do Manchester City, mas jamais treinou com o elenco principal, tendo passado boa parte da carreira emprestado a times menores como La Coruña e NAC Breda.

O Arsenal vem sofrendo com seu sistema defensivo, entretanto, o clube via Marí como uma solução provisória, já que pretendia investir na janela de verão, ao final da temporada, além de aguardar o promissor zagueiro William Saliba, que chegará ao clube em julho.