Liverpool faz jogo histórico e vai à final da Champions League

Liverpool faz jogo histórico e vai à final da Champions League

07/05/2019 0 Por ESPORTESNET

Era uma vez em Anfield: Liverpool protagoniza milagre em campo diante do Barcelona e está na final da Champions League

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura. Assim pode ser definida a vitória épica do Liverpool por 4 a 0 diante do Barcelona. Depois de ser goleado por 3 a 0 no primeiro jogo da semifinal e não poder contar nem com Salah e nem com Firmino para a segunda partida, a chance dos Reds reverterem o placar e avançarem à final era dada por muitos como impossível.

Mas de viradas improváveis o futebol entende. E o estádio de Anfield, a casa do Liverpool, foi o cenário escolhido para acontecer esse espetáculo, fenômeno, milagre ou chame como você preferir. O Liverpool fez o que parecia impossível e está na final da Champions League pela segunda vez consecutiva.

O time inglês não aliviou nenhum pouco para o Barcelona. A equipe blaugrana sofreu no primeiro tempo com a falta de espaços e com a sua saída de bola sufocada pelo adversário. Sem espaços e sem possibilidade para o característico estilo de jogo com muito toque de bola. E teve também muitos erros de passe. Em um desses erros, aos 7 minutos do primeiro tempo, a bola sobrou para Henderson, que até teve seu chute defendido pelo goleiro Ter Stégen, mas no rebote Origi não perdoou e fez 1 a 0 para o Liverpool.

O resultado parecia pouco, mas o suficiente para manter a torcida e os jogadores acreditando em uma virada histórica. E ela veio, mais precisamente no segundo tempo. Quem achou que o gás dos jogadores do Liverpool acabaria, se enganou. Teve intensidade aliada a boa pontaria. Quando o relógio marcava apenas 8 minutos da segunda etapa, Alexander-Arnold cruzou para Wijnaldum bater de primeira e marcar o segundo gol do Liverpool.

O Barcelona nem teve tempo de respirar. Dois minutos depois, novamente Wijnaldum, dessa vez de cabeça. fez o gol que garantia o Liverpool na prorrogação. A partir daí, o caminho estava aberto para a história ser reescrita. E o Barcelona nem de longe lembrava o mesmo da partida anterior. Tanto que, aos 33 minutos, em uma cobrança de escanteio, o jovem Alexander-Arnold percebeu a zaga do Barcelona distraída e notou o companheiro Origi completamente livre de marcação. O chute rasteiro encontrou o atacante belga que só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol.

Do momento em que saiu o quarto gol até os 90 minutos mais os cinco de acréscimos, tudo pareceu uma eternidade para os jogadores do Liverpool. Se a virada foi difícil, seria mais ainda manter distante o perigo do Barcelona fazer o gol. Pelos critérios de gol fora de casa, bastasse que o Barcelona fizesse apenas um gol para ficar com a vaga. E nos momentos finais o Barcelona tentou esboçar uma reação. E não só nesse momento, mas como durante todo o jogo, Alisson foi decisivo. O ataque do Barcelona parou no goleiro brasileiro que simplesmente fechou o gol dos Reds.

Dizem que Anfield tem uma atmosfera diferente. E que a torcida do Liverpool é uma das mais apaixonadas. Agora junte isso a gana dos jogadores e o Liverpool pode reviver, hoje, outra virada histórica como aquela de 2005, na final da Champions League contra o Milan.

Enquanto o favorito Barcelona, que viu a classificação escapar pelos dedos, amarga agora um jejum de quatro anos sem o título da Champions; o Liverpool emplaca sua segunda final seguida e tentará levantar o troféu após 14 anos. O seu adversário será conhecido amanhã, 08/05, na partida entre Ajax e Tottenham. E a grande final tem data marcada para o dia 1° de junho no estádio Wanda Metropolitano, em Madrid.

Confira abaixo os gols da partida:

Foto: Twitter Oficial Liverpool FC