A+ R A-

Nacional luta até o fim, tem gol anulado e acaba rebaixado à Serie A3

 

     O Nacional tentou até o último minuto, mas a derrota por 3 a 2 para o Juventus, no Nicolau Alayon, combinada com outros resultados, provocou o descenso do time da Barra Funda à Série A3 do Campeonato Paulista.

     O Naça terminou a competição com 15 pontos, na penúltima colocação (15° lugar) e acabou superado pelo São Bernardo no saldo de gols.

     No movimentado Juvenal da tarde deste sábado (30/03), o lance que mais chamou a atenção foi um gol do atacante nacionalino Matheus Lú, anulado pela arbitragem, já no fim do clássico. Caso o gol fosse validado, o Nacional permaneceria na Série A2.

     Os gols da equipe da Barra Funda foram marcados por Ortigoza e De Paula (pênalti). Já o Juventus balançou as redes com Fabinho e Lucas Rocha (2).

O JOGO

     O Nacional começou muito melhor do que o rival. Matheus Lú desceu com perigo pela direita algumas vezes e criou boas oportunidades, mas o gol não saiu. A chance mais clara foi de Ortigoza, aos 4 minutos, quando ele recebeu livre na área, porém a zaga do Juventus conseguiu se recuperar.

     Os visitantes pouco ameaçaram a meta de Maurício até os 14 minutos. Foi, então, que Fabinho recebeu na intermediária e acertou um belo chute. Sem chances para o goleiro nacionalino. 1 a 0 para o Juventus.

     O Naça continuou criando boas chances. No entanto, o empate não saiu. Ortigoza, Matheus Lú e Everton Tchê concluíram com certa liberdade, porém, ora finalizaram para fora, ora pararam nas defesas do goleiro Rafael.

     Enquanto isto, o Juventus apostava nos contra-ataques. Num deles, Medina exigiu uma excelente defesa de Maurício, que espalmou para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, o zagueiro Lucas Rocha marcou de cabeça e ampliou a vantagem dos visitantes: 2 a 0.

     Na volta do intervalo, o técnico Jorginho colocou o atacante Josué no lugar do lateral Léo Cunha. A substituição surtiu efeito imediato e o Naça diminuiu logo no início do segundo tempo, com um gol de Ortigoza.

     A torcida se animou, mas logo depois, o Juventus chegou ao terceiro gol, mais uma vez com Lucas Rocha, de cabeça.

     Na tentativa de pelo menos empatar, Jorginho mexeu de novo no time. Sacou Negueba para a entrada de De Paula. Michael Tuíque entrou na vaga de Ortigoza.

     A equipe da Barra Funda melhorou, passou a atacar mais e conseguiu um pênalti. Matheus Lú foi derrubado na área e De Paula converteu: 3 a 2.
A esta altura do confronto, um empate livraria o Nacional do rebaixamento. O time se jogou todo para o ataque e chegou ao gol de empate com atacante Matheus Lú. A arbitragem, porém, anulou.

     O Naça continuou tentando, mas o resultado não foi mais alterado. Antes do apito final, De Paula ainda foi expulso depois de receber o segundo amarelo. E após o término de São Bernardo 1 x 2 Penapolense, o rebaixamento nacionalino foi confirmado.

     O gol do São Bernardo, que rebaixou o Naça, saiu depois que todos os jogos da rodada já haviam terminado. A partida no ABC ficou paralisada por falta de ambulância, pois a única disponível foi utilizada para levar um jogador do Penapolense ao hospital. Isto fez com que o confronto terminasse quase meia hora depois dos demais duelos.

“Nacional e Juventus criaram boas chances.
     O Juventus teve um emocional melhor, mas tivemos oportunidades de abrir o placar e não conseguimos. Tomamos gols de bola parada e até melhoramos no segundo tempo. Se o gol foi bem ou mal anulado, agora não faz mais diferença. Estamos todos muito tristes com a queda, porém a vida continua. Temos que levantar, porque a vida é assim.”, comentou Jorginho após o clássico.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL 2 X 3 JUVENTUS


FASE: Primeira Fase
RODADA: 15ª
DATA: 30/03
HORÁRIO: 15h00


LOCAL: Nicolau Alayon - São Paulo/SP
ÁRBITRO: Daniel Bernardes Serrano
ASSISTENTES: Luís Alexandre Nilsen e Ricardo Luís Buzzi


RENDA: R$ 22.440,00
PÚBLICO: 924 pagantes


CARTÕES AMARELOS
Nacional: De Paula, Caio Mendes, Josué
Juventus: Thiago Rocha, Medina, Bahia


CARTÕES VERMELHOS
Danilo Negueba (no banco de reservas) e De Paula


GOLS
Nacional: Ortigoza e De Paula (de pênalti)
Juventus: Fabinho e Lucas Rocha (2)

NACIONAL
Maurício; Léo Cunha (Josué), Gabriel Santos, Everton Dias e Caio Mendes; Everton Tchê, Bruno Sabino, Danilo Negueba (De Paula) e Emerson Mí ; Ortigoza (Michael Tuíque) e Matheus Lú.
TÉCNICO: Jorginho

JUVENTUS
Rafael Viana; Bahia (Teta), Lucas, Vinícius Gomes e Roger; Thiago Rocha, Medina, Douglas e Fabinho; Ramon (Dener) e Marcelo Fernandes (Rafael).
TÉCNICO: Alex Alves

 

Juventus X Nacional 30 março 2019 001