Giullia Penalber aparece na 11ª colocação do ranking mundial e comemora evolução

Giullia Penalber aparece na 11ª colocação do ranking mundial e comemora evolução

28/09/2019 0 Por ESPORTESNET

A brasileira conseguiu feitos inéditos na carreira nesta temporada de 2019

Giullia Penalber, a judoca que acreditou no Wrestling para realização de um sonho e vem alcançando resultados inéditos. Já são 5 anos representando o Brasil na nova modalidade e desde o começo alcançou bons resultados.

A brasileira já soma seis títulos de Campeonato Brasileiro (2014 a 2019) e é a atual campeã dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, 2018, mas 2019 sem dúvidas tem sido o melhor ano da atleta, que tem mostrado uma evolução a cada competição.

Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, Giullia Penalber teve a maior conquista da sua carreira até hoje, o bronze na categoria estilo livre feminino 57kg, que garantiu após vencer Paula Ramirez, da Nicarágua.

Em 2015 sua primeira edição, ela não teve tanto sucesso.

Em seguida motivada pelo bronze, foi disputar o campeonato em Nur Sultan, capital do Cazaquistão e foi a atleta de maior destaque da seleção brasileira, ao terminar a competição com a oitava colocação na categoria até 57Kg.

A brasileira venceu duas lutas e esteve a uma vitória de conquistar a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, além de ter conquistado a melhor posição da carreira em mundiais nas categorias olímpicas.

Em 2018, Giullia terminou em décimo terceiro e em 2015, na 37ª colocação. Em 2019, Giullia foi ainda a melhor lutadora pan-americana em sua divisão de peso, no campeonato mundial.

Com os bons resultados obtidos ao longo deste ano Giullia Penalber aparece na 11ª colocação do ranking mundial, que foi atualizado nesta sexta-feira, 27 de setembro.

“Estou feliz em ver que estou progredindo. Sei que tem muita coisa pra melhorar e corrigir, mas trabalho muito pra isso e é gratificante ver que estou no caminho certo. O objetivo é treinar cada vez mais, para conseguir chegar ainda mais longe”

Disse a Giullia sobre os resultados obtidos.

Para garantir a vaga para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Giullia terá mais duas chances no ano que vem o Pré olímpico continental e Pré Olímpico mundial, mas antes disso ela ainda tem mais uma disputa importante, os Jogos Mundiais militares, que acontecerá entre os dias 18 e 27 de outubro, na China.