Atlético-MG conta com a volta de seu torcedor para avançar na Copa Libertadores

Na noite desta quarta-feira, fortes emoções irão rondar o Mineirão. Atlético-MG e River Plate decidem uma vaga nas semifinais da Libertadores da América.

A rádio ESPORTESNET transmite a partida em seu aplicativo oficial, no app RádiosNet, e nas redes sociais (Facebook e YouTube). A bola rola às 21h30 (horário de Brasília).

A Rádio ESPORTESNET transmite ao vivo a decisão entre Galo e River nesta quarta feira!

A volta do público

A partida desta noite marcará a volta do torcedor ao estádio do Mineirão pela primeira vez desde o início da pandemia da Covid-19, em março de 2020. De lá pra cá, foram 1 ano e 5 meses de longa espera.

Os cerca de 16 mil ingressos disponíveis foram esgotados pela massa do Galo, que promete grande festa e barulho pra cima do River.

Mineirão voltará a receber público pela primeira vez desde o início da pandemia de Covid-19

Os tabus de Galo e Cuca

No que tange ao retrospecto, a torcida do Galo possui motivos para se animar. O alvinegro não perde desde 1978 para equipes argentinas em Belo Horizonte pela Libertadores. O último revés foi no triangular semifinal diante do Boca Juniors, campeão daquela edição.

O River Plate, que também estava naquela semi, caiu diante do Galo por 1×0, em sua única visita ao clube mineiro. Desde então, Arsenal de Sarandí (2013), Newells Old Boys (2013), Racing (2016) e Boca Juniors (2021) visitaram o Galo pela Copa e saíram derrotados, no tempo normal ou nos pênaltis.

Já o treinador do clube, Cuca, também tem sua marca pessoal: comandando Atlético-MG, São Paulo, Santos, Palmeiras e Cruzeiro, o técnico jamais perdeu para argentinos pela Libertadores: foram 7 vitórias e 2 empates em 9 jogos, com 22 gols feitos e 5 sofridos. Nesta quarta, o empate já garante o Galo nas semis. Porém…

Gallardo: o rei das viradas

Do outro lado, o River também possui estatísticas a seu favor: a necessidade de vir ao Brasil precisando buscar o resultado não é novidade. Pela terceira vez, o clube argentino jogará a volta no Brasil após ter perdido em seus domínios com Gallardo no comando.

Na primeira delas, no próprio Mineirão, e também pelas quartas de final, o millonário remontou um 1×0 do Cruzeiro na ida fazendo um sonoro e incontestável 3×0. O River seguiria para o título da edição diante do Tigres-MEX.

Já em 2018, pela semifinal, outra derrota de 1×0 em casa, desta vez para o Grêmio, que também vencia a volta pelo placar mínimo. Ainda assim, nos 10 minutos finais, o River arrumou forças para virar o jogo e despachar o tricolor. O título viria diante do eterno rival Boca Juniors, em Madrid.

Na última edição, o adversário da vez foi o Palmeiras, que passeou na Argentina: um maiúsculo 3×0. Nem assim, porém, significou uma volta tranquila: o millonário dominou o alviverde no Allianz Parque, fez 2×0 e ficou a um gol de empatar a eliminatória, com um jogador a menos, um gol bem anulado pelo VAR e uma reclamação de pênalti a seu favor.

Gallardo, para encerrar, possui ainda mais uma classificação, essa nos pênaltis, diante do Cruzeiro no Mineirão, pelas oitavas de final de 2019.

Grande treinador na América do Sul desde 2015, Gallardo tem histórico de viradas no Brasil

Galo sem Nacho, River sem Pérez

As equipes terão desfalques importantes na decisão.

Pelo Galo, Nacho Fernández, autor do gol no Monumental de Nuñez, está fora após ter sido expulso na reta final do jogo de ida. As opções de Cuca rodam em torno de Zaracho. Se optar por trazer o meia pra função do compatriota suspenso, Savarino deve entrar no ataque. Se optar por outro meia, Nathan ou Hyoran são as opções.

Vale lembrar que Diego Costa, recém contratado, só poderá entrar na Libertadores se o clube avançar de fase.

PROVÁVEL ATLÉTICO-MG (4-2-3-1; Téc: Cuca): GOL: Éverson; DEF: Mariano, Nathan Silva, Alonso, Guilherme Arana; MEI: Jair, Allan, Zaracho, Savarino (Nathan/Hyoran), Vargas; ATA: Hulk.



Já o River não conta com o experiente Enzo Pérez, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Gallardo poderá optar pela entrada de Enzo Fernández para manter a estrutura tática, ou outro meia/atacante caso a ideia seja partir logo cedo para o ataque. Matías Suárez, completamente recuperado de lesão, deve ser titular.

PROVÁVEL RIVER PLATE (4-1-3-2; Téc: Marcelo Gallardo): GOL: Armani; DEF: Casco, Díaz, Martínez, Angileri; MEI: Fernández, Zuculini, De la Cruz, Álvarez (Carrascal); ATA: Suárez, Romero

A arbitragem será do chileno Roberto Tobar, assistido por Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile). o VAR ficará à cargo de Andrés Cunha (Uruguai).

A rádio ESPORTESNET transmite AO VIVO as emoções de Atlético-MG x River Plate, a partir das 21h30, com narração de Enio Ricanelo, comentários e reportagem de Rodrigo Seraphim e comando técnico na Central ESPORTESNET de Lucas Agnelli.

Deixe seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.