O concurso da FIA ‘Girls on Track – Rising Stars’, destinado à busca de jovens promessas femininas do automobilismo ainda no Kart conheceu nesta sexta feira (22) a sua vencedora: trata-se de Maya Weug, de 16 anos. A jovem, nascida na Espanha mas de cidadania belgo-holandesa é a primeira mulher a ser contratada na história da Scuderia Ferrari, da qual fará parte do programa de jovens pilotos, que hoje conta com nomes como Callum Ilott, Enzo Fittipaldi e Arthur Leclerc, além de um lugar garantido na F4 italiana em 2021. Maya derrotou na finalíssima do concurso, que envolveu 3 dias de testes na pista da Ferrari em Fiorano na última semana, as brasileiras Júlia Ayoub (15 anos) e Antonella Bassani (14 anos), além da francesa Doriane Pin (16 anos). Contudo, o desempenho do quarteto foi tão satisfatório que a Ferrari proverá como prêmio mais um teste pela equipe, gerando mais tempo de exposição e oportunidades às jovens.

Da direita para a esquerda: Doriane Pin, Julia Ayoub, Maya Weug e Antonella Bassani na sede da Ferrari, em Fiorano. Finalistas do FIA Girls on Track – Rising Stars (foto: reprodução/twitter)

Maya, que foi campeã da WSK Final Cup (Kart) em 2015, terá contrato com a Academia da Ferrari até 2022, com opção de extensão contratual. O concurso, que reuniu 70 candidatas, deve ser mais uma iniciativa a impulsionar o suporte às mulheres no automobilismo, como a W Series, e o nível entregue pelas finalistas deixa a impressão de que novas edições poderão ser realizadas no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.