Evani Calado conquista ouro e prata na Copa América de Bocha Adaptada

Evani Calado conquista ouro e prata na Copa América de Bocha Adaptada

Atleta de Taboão da Serra é uma das gigantes na Bocha e nome constante na seleção brasileira

A atleta taboanense Evani Calado da Associação Paradesportiva para Todos (APT)/Grandha conquistou duas medalhas, sendo uma de ouro e uma de prata, na categoria BC3 pares e equipes e individual, na Copa América de Bocha adaptada realizado entre os dias 1 e 5 de outubro, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

A atleta, assim como a equipe da APT/Grandha, contam com o apoio da Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretária de Esportes e Lazer.

O evento contou com a participação de 63 atletas e 76 membros das equipes de 10 delegações.

São elas: Argentina, Bermuda, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, México, Peru, África do Sul e Estados Unidos. O Brasil conseguiu nove vagas garantidas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Ao todo, foram três ouros na categoria pares e equipes, além de dois ouros, três pratas e dois bronzes, na classe individual.

A classificação é para o país e não nominal. Os atletas que representarão o Brasil em Tóquio ainda serão definidos e convocados.

Na categoria BC3 individual, Evani Calado e sua calheira Renata Silva foram segundo lugar. Na classe BC3 pares e equipes, Evani Calado e sua calheira Renata Silva conquistaram a medalha de ouro.

A Bocha é uma modalidade que abre portas para pessoas com grau severo de comprometimento motor e/ou múltiplo e está em mais de 50 países em todo o mundo.

Ela pode ser jogada individualmente, em duplas ou em equipes, e é mista – homens e mulheres competem juntos e igualmente.

A APT é conhecida por disputar a Bocha adaptada que é uma modalidade paralímpica, que possui quatro categorias, que recebem os nomes de BC1, BC2, BC3 e BC4.

Na classe BC3, o atleta conta com o auxilio da caleira que ajuda o competidor através de um dispositivo para movimentar a bola. Desde 2017, a equipe taboanense disputa competições de natação e petra, para atletas com paralisia cerebral.