E Fernando Diniz caiu…de novo

E Fernando Diniz caiu…de novo

Treinador não resistiu a mais uma derrota do Fluminense

 

A Diniz…como é bonito ver o time sempre com a bola no chão, ter intensidade, jogar no campo do adversário.

Como é bom chutar tanto a gol, ser tão desprovido de responsabilidade.

Mas não tenha vergonha de dar um bicão para frente, de “rasgar” a bola pra fora do campo para segurar aquele adversário no contra ataque.

Diniz mais uma vez foste vítima do preciosismo e da soberba de alguns, de teimar em algo quando não há peças que condizem com sua ideia

O que Diniz propõe é algo muito bom ao futebol, a intensidade, o trabalho efetivo de posso de bola com ofensividade de qualidade. Porém este tipo de aplicação depende de material humano.

Como aplicar e utilizar depende muito do que há para trabalhar, na ausência deste fator, um pouquinho de “jogo feio”  não faz mal a ninguém e segura o emprego