Cristiano marca gol 700 e se aproxima dos maiores artilheiros de todos os tempos

Cristiano marca gol 700 e se aproxima dos maiores artilheiros de todos os tempos

17/10/2019 0 Por Lucas Castro

Português já é o sexto maior goleador da história do futebol

Cristiano marcou o gol português na derrota por 2 a 1 para a Ucrânia, em jogo válido pelas Eliminatórias da Euro. Foto: AFP

Cristiano marcou o gol português na derrota por 2 a 1 para a Ucrânia, em jogo válido pelas Eliminatórias da Euro. Foto: AFP

A seleção portuguesa não foi páreo para a Ucrânia, comandada por Shevchenko. Após derrota por 2 a 1, na última segunda-feira (14), em Kiev, os portugueses perderam a oportunidade de carimbar vaga para a próxima Euro com antecipação. Mas o que ganhou as manchetes por todo o mundo foi o gol de Portugal, anotado por Cristiano Ronaldo cobrando penalidade. O tento foi o de número 700 na carreira do gajo.

Em entrevista ao jornal português A Bola, o craque lusitano agradeceu seus companheiros pelo feito, mas garantiu que não se preocupa com esse tipo de marca. “Os recordes vêm naturalmente. Eu não os busco, eles é que vêm a mim”, afirmou Cristiano.

Com o gol anotado, CR7 entra para o seleto hall de futebolistas que atingiram a marca de 700 gols na carreira, e fica na sexta colocação entre os maiores goleadores do futebol.

Os 5 maiores artilheiros da história

Gerd Müller – 735 gols – O lendário atacante alemão, campeão de 74, e artilheiro de 70.

Ferenc Puskás – 746 gols – O húngaro, que marcou época em sua seleção e no Real Madrid.

Pelé – 767 gols – O rei do futebol além de ter faturado três copas com a amarelinha, anotou 767 tentos oficiais. Para muitos, foi o maior da história.

Romário – 772 gols – O baixinho foi artilheiro por onde passou, e com sua longeva carreia atingiu a impressionante marca  de 772 gols.

Josef Bican – 805 gols – Único futebolista a atingir os 800 gols oficiais, o austríaco é pouco conhecido do público brasileiro. Jogando boa parte da carreira no futebol tcheco, Bican foi o grande artilheiro da Europa nos anos 30 e 40.

Nos números citados contam apenas os gols feitos em jogos oficiais, ou seja, excluindo-se os amistosos, jogos-treino e categorias de base.

Contando todos os gols, Pelé está no Guiness Book com a praticamente insuperável marca de 1283 gols feitos. Entre eles, além de amistosos e jogos-treino, há gols em jogos beneficentes, além de partidas pela seleção militar e por sindicatos.

Outro postulante a entrar nessa briga, Lionel Messi, atual melhor jogador do mundo pela FIFA, tem 672 gols. O argentino tem 32 anos, dois a menos que Cristiano, o que faz com que ele também seja forte candidato para entrar nessa disputa.